Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Sem Jaqueline, Osasco vai até SC enfrentar o Brusque

Também na quinta, a líder Unilever pega o lanterna São Caetano, que ainda não venceu na Superliga feminina

Gazeta |

Após duas vitórias contra o Pinheiros/Mackenzie, o Sollys/Osasco vai até Brusque enfrentar o time casa nesta quinta-feira, às 19h30 (horário de Brasília), embalado pela boa fase na Superliga feminina.

O atual campeão não poderá contar com a presença de Jaqueline, atleta da seleção brasileira, que operou o joelho esquerdo nesta quarta-feira. No seu lugar, entrará a ponteira Thaís. O técnico Luizomar de Moura, entretanto, acredita no grupo do time paulista.

"A força do grupo precisará aparecer neste momento. A Thaís é uma jogadora experiente e está acostumada a entrar em momentos complicados na equipe. Ela já está conosco há dois anos e tem tudo para ajudar o grupo", garantiu.

No primeiro encontro entre os adversários de amanhã, as jogadoras de Luizomar impuseram seu ritmo de jogo e venceram por 3 sets a 0, com grande atuação da oposto Natália, vencedora do troféu Viva Vôlei (destinado à melhor jogadora da partida).

O time de Osasco está em terceiro na tabela. O Brusque, por sua vez, está em décimo e procura manter-se entre os oito melhores colocados da Superliga. Ciente da importância que uma vitória representa nesta altura para a equipe catarinense, o Luizomar quer seu time atento aos detalhes, principalmente por jogar na casa do adversário.

"O grupo está tratando estes dois jogos em Santa Catarina com muita seriedade. Queremos duas vitórias para nos manter na segunda colocação", disse o treinador, referindo-se ao seu próximo jogo, contra o também catarinense Pauta/São José.

Unilever x São Caetano
Também na quinta, a líder Unilever pega o lanterna São Caetano de olho na distância para o segundo colocado, o Vôlei Futuro. As meninas de Araçatuba venceram o Usiminas/Minas ontem, por 3 a 1, e encostaram no time carioca.

A equipe do ABC paulista ainda não venceu na edição deste ano da competição. Entretanto, isso não é motivo para declarar vitória antes da hora para a meio de rede Valeskinha, da Unilevar.

"Precisamos jogar bem, sacar bem e ser obedientes taticamente para evitarmos surpresas. Sempre digo que ninguém vai nos dar facilidade, pelo contrário", alertou.

No outro jogo desta quinta, o Pinheiros/Mackenzie vai até São José (SC) enfrentar o time da casa. A equipe paulista ocupa a sexta colocação, enquanto as catarinenses são penúltimas na tabela.

Leia tudo sobre: Superliga femininaSollys/OsascoBrusque

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG