Bernardinho promoveu um rodízio entre os atletas, mas mesmo assim a equipe manteve um bom nível de jogo

CBV/ Divulgação
Seleção masculina de vôlei vence Uruguai no Sul-Americano e comemora
Com facilidade, a seleção brasileira masculina de vôlei derrotou, nesta segunda-feira, o Uruguai por 3 sets a 0, parciais de 25/10, 25/10 e 25/14. A partida, realizada no Ginásio Aecim Tocantis, em Cuiabá (MT) foi a estreia do Brasil no Campeonato Sul-Americano.

Mesmo com alguns poupados - como Giba e Gustavo -, o time verde-amarelo não encontrou dificuldades diante do fraco Uruguaio, cheio de jovens. A primeira parcial terminou em 25/10.

Na sequência, a equipe nacional manteve a toada e continuou não dando chances aos rivais platinos. E, com mais um 25/10, abriu 2 sets a 0 e ficou perto do primeiro triunfo no certame continental.

Em vantagem, o ritmo do Brasil caiu na terceira parcial, ao passo que os uruguaios chegaram a equilibrar. Mas a superioridade dos comandados do técnico Bernardinho prevaleceu e o Brasil, que enfenta o Chile na terça-feira, estreou sem perder sets.

Ao término do duelo, Bernardinho admitiu o rodízio entre os atletas. "Vamos trabalhar seguindo os níveis diferentes dos nossos adversários. Os que treinaram forte de manhã, foram poupados e será assim nos próximos jogos", explicou o comandante.

João Paulo Bravo, escalado como titular nesta segunda, valorizou a chance. "Quando surge uma oportunidade como essa, temos que procurar aproveitar e ajudar a equipe", afirmou o ponteiro.

Argentina bate Chile
Quem também levou a melhor nesta segunda foram os hermanos argentinos. O time albiceleste superou, algumas horas antes, o Chile por 3 sets 0, parciais de 25/23, 25/21 e 25/16.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.