Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Seleção feminina vence Cuba e avança para as finais do Grand Prix

Fernanda Garay, que jogou pela primeira vez como titular, foi a maior pontuadora do jogo, com 15 acertos

iG São Paulo* |

Divulgação/FIVB
Ataque de Fernanda Garay, principal pontuadora da partida desta madrugada
A seleção feminina de vôlei não teve dificuldades para derrotar Cuba por 3 sets a 0, parciais de 25/18, 25/13 e 25/12, em Bangcoc (Tailândia), pela 3ª e última etapa classificatória do Grand Prix. O jogo foi disputado na madrugada desta sexta-feira (horário de Brasília). Com isso, a equipe comandada pelo técnico José Roberto Guimarães segue invicta na competição e garante vaga na fase final do torneio, que será disputada em Macau, na China, na semana que vem.

O Brasil fez um jogo simples contra as cubanas e Zé Roberto aproveitou para mexer na equipe. Fabíola, Tandara, Sassá, Natália e Juciely entraram ao longo da partida.

A maior pontuadora da partida foi a ponteira Fernanda Garay. A jogadora, que estreia no Grand Prix, fez seu primeiro jogo como titular na competição, no lugar de Paula Pequeno e colocou 15 bolas no chão. Mari, campeã olímpica em 2008, também apareceu bem nas estatísticas, com 10 acertos. Do lado oposto, Kenia Carcaces liderou, com nove pontos.

O Brasil dominou o números do jogos, com destaque para o saque. A seleção marcou sete aces, enquanto as cubanas fizeram apenas um ponto direto no serviço. No bloqueio, deu 9 a 3 para o Brasil. E no ataque, foram 39 bolas no chão, contra apenas 28 das caribenhas. Além disso, Cuba errou mais. Em três sets, deu 20 pontos de graça. Já as brasileiras falharam em 11 jogadas.

O time nacional encerra neste fim de semana sua participação na fase de classificação do Grand Prix. Ainda em Bangcoc, a seleção enfrenta a Argentina na madrugada de sábado, às 4h (horário de Brasília) e as donas da casa na manhã de domingo, às 6h30 (horário de Brasília).

Depois, o grupo parte para Macau, na China, onde a partir da próxima quarta-feira tentará conquistar pela 9ª vez o título do Grand Prix. A fase final do torneio terá oito seleções, divididas em dois grupos de quatro. As melhores disputam as semifinais e a final. A campeã será conhecida em 28 de agosto.

O jogo

Divulgação/FIVB
Seleção feminina comemora em quadra e segue invicta no Grand Prix
Com Fernanda Garay na vaga de Paula Pequeno, as brasileiras começaram melhor. Com um bom saque e bloqueando com eficiência, a vantagem logo chegou aos sete pontos (14/7). O técnico brasileiro, Zé Roberto, inverteu o cinco e um. Saíram Sheilla e Dani Lins e entraram Fabíola e Tandara. O Brasil seguiu na frente (21/13). Em um erro de Cuba, as brasileiras fecharam o set por 25/18.

O saque brasileiro continuou incomodando as cubanas. Em um ace de Fernanda Garay, o Brasil foi para a primeira parada técnica com a vantagem de quatro pontos (8/4). Depois de dois bloqueios seguidos de Garay, a vantagem do Brasil aumentou para dez pontos (17/10). Natália entrou em quadra no lugar de Mari. Com um ace, a ponteira reserva selou a vitória brasileira na segunda parcial por 25/13.

Na terceira parcial as brasileiras não deram chances para as cubanas. Juciely substituiu a central Fabiana. E Tandara e Fabíola entraram no lugar de Sheilla e Dani Lins, respectivamente. Com as substituições, o Brasil continuou na frente e fechou a parcial por 25/12 e o jogo por 3 sets a 0.

*com agências

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG