Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

São Bernardo endurece, mas Unilever vence a segunda na Superliga

Se no primeiro jogo do time do Rio de Janeiro o destaque foi a oposta Sheilla, a eleita melhor jogadora na noite desta sexta foi a líbero Fabi

Gazeta Esportiva |

O BMG/São Bernardo dificultou na primeira parcial, mas o Unilever/Rio de Janeiro voltou a mostrar sua força na segunda partida da Superliga Feminina e derrotou a equipe do ABC paulista por 3 sets a 0 (30/28, 25/10 e 25/14), sem a mesma dificuldade nas duas últimas séries.

"Nosso time entrou tenso demais no jogo, falhamos muito e deixamos as coisas aconteceram (no primeiro set), o juiz também cometeu alguns erros. Foi mais tensão do que falta de foco. Depois deixamos a tensão e nos concentramos", disse o técnico Bernardinho ao Sportv.

Se no primeiro compromisso do time do Rio de Janeiro, contra o São Caetano, na terça-feira passada, o destaque foi a oposta Sheilla, que fazia sua estreia justamente diante da equipe que defendeu até o ano anterior, a eleita melhor jogadora na noite desta sexta foi a líbero Fabi.

"A gente fica feliz pela vitória, mais feliz ainda por poder contribuir com o time. Aprendi que a líbero tem que curtir o ponto das outras jogadores, que deve proporcionar contra-ataques, e vibro pelos pontos como se fossem meus. Tenho essa consciência", comentou a jogadora.

Leia tudo sobre: vôlei - superliga feminina

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG