Próximos adversários do Brasil na competição, russos não tiveram problemas para fazer 3 sets a 0, com parciais de 25/18, 25/18 e 26/24

Nesta terça-feira, a seleção da Rússia não teve dificuldades para superar os Estados Unidos, pela Copa do Mundo do Japão. Com parciais de 25/18, 25/18 e 26/24, os próximos adversários do Brasil na competição agora lideram a classificação, ao lado da Polônia, com nove pontos.

Os russos foram bastante superiores nos dois primeiros sets, nos quais se distanciaram no placar e abriram uma vantagem que não foi muito ameaçada pela equipe norte-americana. No terceiro, os Estados Unidos melhoraram no jogo, mas, com um grande final de parcial, a Rússia saiu de uma desvantagem de 23 a 18 para virar em 26 a 24 e consolidar-se na liderança da competição.

Os melhores pontuadores do jogo foram Mikhaylov (18) e Biriukov (10), pelo lado dos vencedores, e o capitão Stanley (17) pelos norte-americanos. Com seis tentos de bloqueio, o levantador russo Alexander Butko foi escolhido o destaque do jogo.

Próxima adversária dos russos na Copa do Mundo, a Seleção Brasileira terá o compromisso de superar, na próxima rodada, uma das mais fortes potências da competição. Nesta manhã, a equipe verde e amarela foi batida pela Itália em jogo bastante parelho, por 3 sets a 2. O time de Bernardinho tem sete pontos conquistados no torneio.

Brasil e Rússia entram em quadra na cidade japonesa de Kumamoto, na quinta-feira, às 4h (de Brasília). A Copa do Mundo dá vaga para as Olimpíadas de Londres, no ano que vem, às três melhores equipes classificadas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.