Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Pinheiros mantém fama de carrasco e ganha posição do Vôlei Futuro

Com a vitória concretizada em 3 sets a 1, equipe da capital subiu para 3ª na Superliga feminina

iG São Paulo |

Na abertura da sexta rodada do returno da Superliga feminina, o Pinheiros/Mackenzie manteve o tabu de não perder para o Vôlei Futuro. Com a vitória desta terça-feira, concretizada em 3 sets a 1, parciais de 25/18, 25/23, 20/25 e 25/20, a equipe da capital ganhou a terceira posição na competição nacional do próprio rival interiorano.

Mesmo com a pompa de Paula Pequeno, Joycinha e companhia, o Vôlei Futuro, do técnico William Carvalho, continuou com problemas na recepção e no ataque. Melhor para o anfitrião Pinheiros, que marcou bem no bloqueio e inaugurou o placar do ginásio Villaboim em 25/18.

Na parcial seguinte, a toada foi a mesma. No entanto, perto do final do set, o time de Araçatuba esboçou uma reação, porém não o suficiente para evitar a vitória das donas da casa.

Mesmo com o placar desfavorável, o Vôlei Futuro não desanimou e se impôs, abrindo 9 a 0 no começoda terceira parcial, contando bom belas defesas da levantadora Ana Cristina. Na parte final, o Pinheiros tentou voltar para o jogo, mas era tarde e a parcial acabou em 25/20 para a equipe de Araçatuba.

Entretanto, a reação ajudou às donas da casa, que entraram mais concentradas no quarto set, se recuperaram no bloqueio e devolveram o 25 a 20, liquidando o jogo. Além de vencer o Vôlei Futuro na decisão do título do Campeonato Paulista, o Pinheiros levou a melhor na primeira fase do Nacional. A partida, realizada no interior, também terminou em 3 sets a 0.

Após o jogo, o técnico do Pinheiros/Mackenzie, Paulo Coco, analisou a atuação da equipe e lembrou do apagão que o time sofreu na terceira parcial. "No terceiro set, o time baixou um pouco a concentração e a agressividade. Nosso passe não saiu e começamos a jogar de forma irregular. Mas no quarto set conseguimos nos recuperar e retomar o nosso jogo coletivo, de luta", afirmou.

Além da vitória, o time da casa ficou com o prêmio de melhor jogadora, dado para a líbero Michelle. A oposta Joycinha, do Vôlei Futuro, foi a maior pontuadora do confronto, com 20 acertos.

A sexta rodada será completada na quinta-feira, com mais quatro partidas. Destaque para o líder Unilever/Rio de Janeiro, que visitará o Pauta/São José, em Santa Catarina. Na próxima segunda-feira, o Sollys/Osasco, atual campeão brasileiro, fechará a rodada contra o Banana Boat/Praia Clube, em São Paulo.

*com Gazeta Esportiva

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG