Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Pinheiros estreia no ano com novo levantador e ainda sob polêmica

Adversário será o atual vice-campeão da Superliga masculina de vôlei, o BMG/Montes Claros, às 21 horas deste sábado

Gazeta |

Ainda vivendo as consequências das surpreendentes dispensas de Rodrigão e Marcelinho, o Pinheiros/Sky faz sua primeira partida em 2011 neste sábado. O adversário será o atual vice-campeão da Superliga masculina de vôlei, o BMG/Montes Claros, às 21 horas (horário de Brasília), no ginásio Henrique Villaboin, em São Paulo.

O time, inclusive, já conta com um novo levantador: Vinhedo, que até dezembro estava no Remat Zalal (Romênia). Ele também já trabalhou com o técnico Mauro Grasso em 2004/2005, quando levaram o Banespa/Mastercard ao título nacional. "Estou em casa. O Pinheiros foi o primeiro time que defendi. É um clube que dá toda a estrutura necessária. Além disso, o espírito de convivência entre os atletas de várias modalidades é muito bacana. É bom estar de volta", comentou o jogador.

Para o central campeão olímpico Gustavo, que foi companheiro de Rodrigão e Marcelinho também na seleção brasileira, a equipe deve demorar um pouco para se adaptar às mudanças.

"Perdemos duas importantes peças da equipe. Por isso, para começarmos bem o ano, temos que buscar este novo entrosamento do time com os jogadores que entraram. O Murilo está começando a se entrosar com o grupo no levantamento e o Vinhedo chegou há pouco tempo. E, no meio de rede, o Silêncio e o Aurélio também. Sabemos que esse entrosamento levará um tempo para acontecer. Isso é natural", comentou o experiente atleta, de 35 anos.

O meio-de-rede espera dificuldades diante do time mineiro, que sofreu apenas duas derrotas em 11 partidas até agora. "Logo no primeiro jogo de 2011, enfrentaremos um adversário bem complicado. Como na temporada anterior, o time de Montes Claros tem uma equipe competitiva, completa. Nessa folga de fim de ano, tivemos dez dias de treinamentos para ajustar esta nova equipe. Precisaremos ter paciência neste jogo e ceder o menor número de pontos possível em erros. Além disso, teremos que ser agressivos no saque para dificultar o trabalho do Rodriguinho, que é bastante veloz", destacou.

Para o levantador do Montes Claros, a crise enfrentada pelo Pinheiros pode ser um fator de motivação para os jogadores do time paulista. "Depois de todas essas mudanças, acho que o Pinheiros virá com muita vontade de vencer. Espero um jogo muito complicado. Mas nosso time está num bom momento. Se nosso saque e nosso ataque funcionarem bem, podemos sair de São Paulo com a vitória", sonha Rodriguinho.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG