Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Paula Pequeno: 'O campeonato não vai esperar recuperação total'

Jogadora entra em quadra para a semifinal da Superliga nesta quarta-feira. Jogo havia sido adiado por causa do acidente com o time

Aretha Martins, iG São Paulo |

Divulgação
Paula Pequeno ataca para o Vôlei Futuro em partida da Superliga 2010/2011
Para as jogadoras do Vôlei Futuro, a ordem a agora é focar na semifinal da Superliga feminina. Pelo menos esse é o pensamento da ponta Paula Pequeno. Em entrevista excluvisa ao iG, a campeã olímpica falou sobre a volta às quadras após o acidente com o ônibus da delegação do time e afirmou que a equipe ficou ainda mais unida para a reta final do torneio.

"O campeonato não vai esperar a recuperação total (após o acidente), então a gente precisa se superar para continuar focando nos nossos objetivos", disse a jogadora pouco depois de chegar à São Paulo. Ela e a equipe do Vôlei Futuro se concentram na capital para a partida da tarde de quarta-feira, que abre a série semifinal da Superliga, diante do Sollys/Osasco.

Esse jogo deveria ter acontecido na terça-feira da semana passada, mas o ônibus com a delegação tombou após bater em uma guia a caminho do ginásio. A líbero Stacy Sykora foi a única atleta que ficou ferida com gravidade. Ela teve um traumatismo crânio-encefálico, mas se recupera bem e deve ter alta da UTI ainda nesta terça-feira. O susto fez a equipe ficar mais unida. "Sim, e a tendência é se unir mais ainda. O nosso grupo vai esperar tudo de positivo para esta partida", afirmou Paula.

A ponta pode ser vista como uma porta-voz da equipe para falar sobre o estado de saúde da companheira Stacy. Foi Paula, por exemplo, quem escreveu em sua página no Twitter que a líbero estava melhorando e que respondeu "yes" durante uma conversa entre o médico e sua empresária. Agora, ciente da recuperação da norte-americana, as atenções se voltam para as quadras.

"Num momento delicado como esse, a entrega vai ser nosso ponto forte. Tecnicamente vai ser um jogo muito difícil, mas o que tinha que treinar nós já treinamos".

A jogadora está alerta também para a qualidade do Sollys/Osasco, seu antigo conhecido. Paula Pequeno defendeu a rival da semifinal por oito temporadas. "Na verdade não tem o que preocupe mais no time delas. A preocupação é geral. São jogadoras muito boas e que estão juntas há muito tempo, desde as categorias de base", analisa.

A primeira partida da série semifinal será nesta quarta-feira, às 17h, no ginásio José Liberatti, em Osasco. O segundo confronto será no próximo sábado, em Araçatuba, no Ginásio Plácido Rocha, às 10h. Caso seja necessário, o terceiro jogo está marcado para o dia 26 (terça-feira), às 20h30, novamente em Osasco.
 

Leia tudo sobre: paula pequenovôlei futurosuperliga femininastacy

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG