Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Para treinador, Vôlei Futuro falhou na recepção contra o Osasco

William Carvalho disse que Osasco foi superior defensivamente e que vai pegar ensinamentos para próximos jogos

Gazeta |

O ano de 2011 não começou muito bem para o Vôlei Futuro. A equipe, que havia chegado invicta no novo ano, perdeu o clássico contra o Sollys/Osasco jogando em casa e amargou a segunda derrota consecutiva em 2011. Para o técnico William Carvalho, o principal problema do time de Araçatuba foi a recepção.

"Nossa recepção falhou muito hoje (sexta) e o Sollys defendeu muito bem. Mas já esqueci o jogo de hoje, vou pegar os ensinamentos e vamos partir para o próximo confronto, provavelmente já com a Tandara em quadra", afirmou Carvalho que, apesar da derrota, acredita que o jogo não foi de um todo ruim.

"Hoje (sexta) o time foi bem foi guerreiro, foi pra cima, não existiu passividade. Consigo ver melhoras no nosso trabalho mesmo sem duas jogadoras importantes como a Alisha e a Tandara, que estão lesionadas", acrescentou.

Para Paula Pequeno, a partida foi decidida nos detalhes. "Agora precisamos manter a cabeça no lugar, pegar tudo o que for de melhor e nos preparar para os próximos confrontos em casa contra os times do Rio de Janeiro. Perdemos nos detalhes, mas saímos da quadra com um espírito diferente do último jogo".

O Vôlei Futuro volta à quadra na próxima sexta-feira, quando enfrentará o Macaé Sports, a partir das 19h, em Araçatuba (SP). A equipe ocupa a terceira colocação na classificação geral da Superliga feminina, atrás de Unilever e Osasco.

Leia tudo sobre: superliga femininavôlei futurosollys/osascovôlei

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG