Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Para Grasso, dispensas foram o melhor para o Pinheiros

Técnico, com apoio da comissão, dispensou o central Rodrigão e o levantador Marcelinho do elenco do time paulista

Gazeta |

O Pinheiros/Sky vive um momento delicado internamente. A equipe paulistana terá que passar por uma reestruturação depois das saídas do central Rodrigão e do levantador Marcelinho, dispensados na última semana. Para o técnico Mauro Grasso, as decisões foram tomadas "visando melhorar a equipe".

"Pretendemos colher os frutos já no início do segundo turno. Ainda estaremos em um período de reestruturação, mas temos confiança de que conquistaremos bons resultados já na próxima etapa da Superliga", afirmou Grasso, um dos responsáveis pela demissão dos jogadores.

Apesar dos recentes acontecimentos, o Pinheiros mantém um discurso de união e confiança com os jogadores que estão no time e também com a comissão técnica para o restante da Superliga. Presidente do clube, Antônio Carlos Moreno firmou seu apoio total à equipe.

"A parceria entre Esporte Clube Pinheiros e Sky está cada dia mais fortalecida. Confiamos plenamente em nossa comissão técnica e nos jogadores que seguem defendendo a equipe. Acreditamos que vamos conquistar os resultados desejados em breve", concluiu Moreno.

O time se reapresenta para a sequência da Superliga no dia 3 de janeiro e volta a jogar no dia 8, quando recebe o BMG/Montes Claros, atual vice-campeão nacional. A partida será às 21h (horário de Brasília).

Leia tudo sobre: pinheirosmauro grassovôleirodrigãomarcelinho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG