Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Pará curte início de aposentadoria com Desafio de Vôlei de Praia

Jogador de 37 anos e 25 anos de carreira anunciou que deixa as areias depois de levar o bronze nos Jogos Mundiais Militares

Gazeta |

Campeão mundial de vôlei de praia em 1997, o brasileiro Pará passou os últimos 25 anos de sua vida dentro das quadras. No último sábado, com a medalha de bronze dos Jogos Mundiais Militares no peito, o veterano atleta anunciou o fim de sua carreira profissional aos 37 anos. Apesar disso, o agora ex-jogador não ficará muito tempo longe das quadras: ele é uma das atrações do Desafio das Estrelas de Vôlei, que terá sua primeira etapa acontecendo em São Luis (MA).

O jogo entre as estrelas do vôlei de quadra e os craques do vôlei de praia acontecerá às 10h deste sábado (30) na arena Domingos Leal. A entrada para o público será gratuita.

"Encerrei minha carreira profissional, mas seguirei ligado ao voleibol", garante Pará. "Jogo desde os 12 anos e seguirei treinando em participando de eventos como o Desafio, que é uma partida que gosto muito de disputar. Jogar em São Luis é ainda mais especial para mim, pois foi onde conquistei meu primeiro título no Circuito Brasileiro, em 1994. Sempre que puder, estarei participando", diz Pará.

Campeão mundial em 1997 e vencedor do Circuito Mundial na temporada seguinte, Pará encerrou a carreira com a medalha de bronze nos Jogos Mundiais Militares.

"Foi muito gostoso disputar o Mundial Militar. Não tivemos nenhum problema para nos ajustar às normas e à disciplina militares. Me preparei para ganhar o ouro e fiquei muito chateado quando perdemos a semifinal. Tive que me recuperar psicologicamente muito rápido para disputar o bronze", relembra Pará, que manterá vínculo com o Exército após a competição através de projetos sociais e esportivos de alto rendimento.

No Desafio Brasileiro, Pará terá a seu lado na equipe que representa o vôlei de praia o irmão Jan, campeão dos Jogos Mundiais Militares, o cearense Franco, bicampeão do Circuito Mundial, e o jovem Oscar, campeão brasileiro Sub-21 em 2005. O time do vôlei de quadra conta com três campeões olímpicos: Marcelo Negrão, ouro em 1992, Nalbert, campeão em 2004, e Mauricio, vencedor nas duas temporadas. O quarto componente da equipe é o gigante Fernandão, de 2,10m, campeão brasileiro Sub-21 de vôlei de praia em 2007.

A etapa de São Luis será a primeira de seis programadas para a competição em 2011. Depois, o Desafio de Vôlei Banco do Brasil passará ainda por Teresina (PI), entre 19 e 21 de agosto, Porto Velho (RO), de 9 a 11 de setembro, Rio Branco (AC), entre 14 e 16 de outubro, Boa Vista (RR), entre 4 e 6 de novembro, e Passo Fundo (RS), de 2 a 4 de dezembro.

Em sua primeira temporada, 2009, o Desafio de Vôlei Banco do Brasil passou por São Luis. Na ocasião, o time do vôlei de praia, formado por Franco, Márcio, Sandra Pires e Flúvia venceu a equipe da quadra, composta por Marcelo Negrão, Mauricio, Virna e Raquel por 3 a 2 (21/15, 21/14, 20/22, 15/21 e 15/11) no ginásio do Castelinho.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG