Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Para Giba, Brasil terá semifinal e final pela vaga olímpica

Apesar de a Copa do Mundo de vôlei ser um torneio de pontos corridos, capitão aponta últimas partidas como semi e decisão

iG São Paulo* |

Divulgação/FIVB
Giba foi eleito o melhor em quadra na vitória do Brasil sobre o Irã
A seleção brasileira de vôlei masculino bateu o Irã, por 3 a 0, nesta sexta-feira, na abertura da última fase da Copa do Mundo. Com o resultado, subiu para a terceira colocação e ainda briga por uma das três vagas que o torneio garante nas Olimpíadas de Londres.

Apesar de a competição no Japão ser de pontos corridos, o Brasil encara seus últimos jogos como decisões. "Já passamos pelo que chamamos de quartas-de-final e temos que direcionar a preocupação para o nosso time. Estamos pensando em jogar como sempre foi, nos divertindo. Precisamos tratar os últimos jogos como semifinais e finais de um evento", afirmou o capitão Giba.

Blog Mundo do Vôlei: Vitória foi boa, mas teve cara de obrigação

A seleção brasileira está atrás de Rússia e Polônia na classificação geral e, mesmo dominando o Irã, elogiou o rival. "Eles tiveram resultados impressionantes e estão sendo incríveis. Eles passam muita energia para os que estão assistindo. Nós estudamos o bloqueio e o ataque deles. Sabíamos que eram bons nisso. Tentamos manter o ritmo e anular a força deles. Agora precisamos vencer os próximos dois jogos", disse Bernardinho.

Do lado iraniano, o técnico Julio Velasco disse que usou o Brasil como um espelho e mostrou vídeos da equipe de Bernardinho ao seu time. "Mostrei como um exemplo de como se deve jogar. Desta vez, eles viram o quanto precisamos evoluir. Eles são muito melhores que nós e mostraram como encontrar soluções em bolas difíceis", explicou.

A vitória por 3 sets a 0 desta sexta ainda não classifica a seleção para Londres, mas dá um novo ânimo à equipe. Após atuações irregulares nas primeiras fases da Copa do Mundo, com três derrotas (Itália, Sérvia e Cuba), o Brasil é obrigado a vencer os dois últimos jogos da competição para brigar uma vaga em 2012. A seleção enfrenta a Polônia às 4h deste sábado e o Japão às 7h20 de domingo. 

*com Gazeta Esportiva

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG