Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Osasco e Vôlei Futuro estão a uma vitória das semifinais

Na frente no primeiro duelo dos playoffs, equipes só precisam vencer nesta quinta para se garantir na semi

Gazeta Esportiva |

Esta quinta-feira, dia 31 de março, será decisiva para quatro times da Superliga feminina. Pela segunda rodada das quartas de final, Sollys/Osasco e Vôlei Futuro entram em quadra contra Banana Boat/Praia Clube e Macaé Sports, respectivamente. Caso vençam os confrontos desta quinta, os times paulistas se classificam para as semifinais. O Unilever foi a primeira equipe a se garantir na próxima fase da competição.

O primeiro embate do dia será entre o Osasco e o Praia Clube, em Uberlândia (MG), às 19h. Vencedor da primeira partida, o time do técnico Luizomar de Moura pode garantir a vaga nas semifinais ainda nesta quinta. Preocupado em fechar a série melhor de três ainda na segunda partida, o Osasco acredita que o importante é manter a seriedade neste estágio da competição.

"Temos que ter a mesma preocupação e mesma responsabilidade que tivemos no primeiro desafio. Sabemos da força do adversário e do objetivo, que é tentar empatar a série", disse Luizomar, que contou com o importante retorno da ponteira Jaqueline na última partida.

"Foi um prêmio poder contar com a volta da Jaqueline. A cada jogo, vamos analisar as condições dela e saber de que forma vamos usá-la para ela poder voltar a velha forma. É preciso paciência", afirmou o técnico.

Pelo lado do Praia Clube, a torcida será o diferencial. A equipe mineira contará com o mando de jogo para empatar a série e forçar a terceira partida do duelo. Apesar da pressão, o técnico do time confia que o Praia Clube irá fazer uma boa apresentação.

"O grupo está bem. Analisando a primeira partida, tivemos as nossas chances. No primeiro set ficamos na frente toda a parcial e não conseguimos fechar, depois de cometer cinco erros em sequência. Isso não pode ocorrer. Estamos trabalhando o lado emocional do grupo e a nossa confiança", explicou Boni.

Vôlei Futuro busca inédita classificação para as semifinais

Vencedor da primeira partida de quartas de final contra o Macaé Sports, o Vôlei Futuro entra em quadra nesta quinta atrás de mais uma vitória, que irá garantir a equipe pela primeira vez na fase de semifinais da Superliga feminina. Jogando na casa do adversário, às 21h30, o time de Araçatuba prega cautela e mantém os pés no chão.

"Será um jogo ainda mais difícil do que o último. Nosso time está focado e sabe das dificuldades que teremos por jogarmos em Macaé. Sabemos do potencial do adversário e temos a consciência de que é um time que cresce muito jogando em casa. É preciso manter a pegada do primeiro jogo", analisou o técnico do Vôlei Futuro, William Carvalho.

Já o Macaé está confiante em conseguir levar a decisão para o terceiro jogo. "Estamos otimistas. Sabemos que a Superliga recomeça a partir das quartas-de-final do zero. Na fase classificatória, conseguimos, apesar de ser tecnicamente inferiores, jogar de igual para igual contra equipes consideradas favoritas. Isso nos fez chegar nos playoffs com a condição de franco-atiradores", disse o técnico Alexandre Ferrante.

Leia tudo sobre: vôleisuperliga femininasollys/osascovôlei futuro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG