Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Novatas, Mari e Sheilla comemoram na Unilever

Mari e Sheilla, jogadoras da seleção brasileira, comemoraram a conquista pelo time do Rio de Janeiro

Gazeta |

A Unilever é campeã carioca pela oitava vez. Nesta quarta-feira (22), no ginásio do Tijuca Tênis Clube, a equipe comandada pelo técnico Bernardinho superou o Macaé Sports por 3 sets a 0 (25/22, 25/22 e 25/22), em 1h29, para conquistar o título. As selecionáveis Mari e Sheilla comemoraram a conquista pelo time do Rio de Janeiro.

A oposta Sheilla, que conquistou seu primeiro título com a equipe Unilever, estava muito feliz. "Foi muito bom. Mas facilitamos o jogo para elas. Acho que temos muito a melhorar ainda", disse a jogadora. "Agora, a equipe vai dar uma parada. É bom ter uma folguinha para dar uma relaxada", afirmou a camisa 13 da Unilever e da seleção brasileira.

Mesmo de fora por estar em recuperação de uma lesão no joelho, a ponteira Mari, companheira de Shiella na seleção e na Unilever, também participou da festa do título. "É ruim ficar fora, mas estou feliz com o título e com minha recuperação. Já estou saltando, atacando de leve e devo estar de volta em fevereiro", revelou a atleta.

Fabi, na Unilever desde 2005, fez questão de destacar o apoio da torcida durante a partida final. "Mesmo às vésperas do Natal, os torcedores vieram nos prestigiar. Jogar em casa sempre é muito bom, especialmente aqui no Tijuca. A gente sabe que o time tem a melhorar, mas isso não impede nossa felicidade pela conquista", analisou a líbero.

Dani Lins, levantadora que atua na Unilever também desde 2005, festejou a conquista de seu quinto título: "É maravilhoso fazer parte dessa história", comemorou a selecionável.

A ponteira Suelle, que vem substituindo Mari, também não escondia o contentamento. "Foi meu primeiro título como titular de equipe, jogando. Gostei muito. Ser escolhida para substituir a Mari nessa fase dela foi uma surpresa. Agora, é assumir isso e jogar bem", projetou.

A meio-de-rede Valeskinha fez questão de ressaltar a importância do título estadual com o novo grupo. "Foi nossa primeira final com o time renovado. Sei que hoje não joguei o meu máximo, mas estou feliz. É um alto-astral muito bom começar o ano com um título", comentou.

Para a meio-de-rede Juciely, outra novata na equipe, "conquista é sempre conquista". "Hoje cometemos muitos erros, erramos muitos saques, foi um vacilo sem explicação. Mesmo assim, estou muito feliz com o título carioca", contou a central.

Mas ninguém tem tantos títulos cariocas com a Unilever como a ponteira Régis: já são sete pelo time do técnico Bernardinho. "Fico muito feliz de representar a Unilever e ter podido ajudar a equipe mais uma vez. Espero poder conquistar mais títulos com o Bernardo, a comissão técnica e as meninas. É um grupo espetacular", elogiou.

A partida foi o último compromisso do time na temporada 2010, antes do recesso para as festas de fim de ano. A Unilever volta às quadras no dia 13 de janeiro, pela sexta rodada da Superliga Feminina 2010/11, diante do Pauta/São José.

Leia tudo sobre: MariSheillaUnilever

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG