Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Nova parceira da Sky, Cimed "herda" Giba e Gustavo

Para Gustavo, chegada dele e do ponteiro da seleção será uma injeção de ânimo na equipe catarinense

Aretha Martins, iG São Paulo |

A Cimed, tetracampeã nacional, terá um novo patrocinador e reforços de seleção para a temporada 2011/2012. Nesta terça-feira, a equipe confirmou a parceria com o Sky. A empresa deixa o patrocínio do time do Pinheiros, se junta ao time de Florianópolis e leva o ponteiro Giba e o central Gustavo para o sul.

"A equipe da Cimed já era muito forte e agora ganhou essa injeção de ânimo comigo e com o Giba, para ficar mais forte ainda", disse Gustavo, em entrevista exclusiva ao iG por telefone.

"A Cimed tem a vantagem de ter uma história, de chegar sempre às finais. Além disso, eles já têm uma estrutura e pessoal qualificado, como o Renan (Dal Zoto - gerente de esportes) e o Pacheco (técnico). Isso dá uma tranquilidade. Mas é só isso, só facilita o trabalho, não garante nada. Mas sabemos que temos uma equipe forte, com mentalidade de jogar e chegar às finais", completou o central.

Gustavo também lamentou a saída do Pinheiros. Segundo o jogador, ainda não se sabe se o clube manterá um time de vôlei com a perda do patrocínio. "Estou um pouco decepcionado comigo por não ter conseguido os resultados e continuado aqui no Pinheiros. Poderia ter me empenhado mais".

Divulgação
Giba e Gustavo defenderam o Pinheiros/Sky por duas temporadas
Além dos reforços, a equipe catarinense, que nesta temporada caiu nas quartas-de-final da Superliga, renovou com o levantador Bruninho e com central Éder, também jogadores da seleção.

"Estou muito feliz de poder continuar em Florianópolis, onde conquistei muita coisa na minha carreira com a Cimed", disse Bruninho. O levantador está na Itália e defende o Modena nos playoffs do campeonato local. Ele chegou a ser cobiçado pelo novo time de vôlei do Rio de Janeiro, o RJX, financiado pelo empresário Eike Batista, mas sempre afirmou que gostaria de seguir em Florianópolis.

"Apesar das propostas, poder permanecer no time e agora se juntando a uma grande empresa, trazendo grandes jogadores, que inclusive são meus ídolos (Giba e Gustavo), não tem preço. Estou muito contente e espero que possamos fazer com que Florianópolis continue sendo a capital do vôlei brasileiro", afirmou o levantador.

Mas o novo time carioca já preocupa o central Gustavo. "Sei que o elenco tem eu, Giba, Bruno, Éder e Renato. Mas vai ser difícil fechar a equipe pela falta de jogadores no mercado. Todos os jogadores de alto nível já estão acertados e ainda tem o time do Rio de Janeiro que inflacionou a disputa mais ainda", comentou ao iG. O RJX mira nomes como Dante e Rodrigão, que estão no exterior.

Já o experiente Giba prefere vibrar com a parceira com Bruninho além da seleção brasileira. "Lembro do Bruno quando ele entrou no ônibus da seleção pela primeira vez e de lá pra cá conquistou o respeito de todos pela sua habilidade e competência, independente dos grandes jogadores que foram seus pais (Bernardo e Vera Mossa). Agora vamos defender as mesmas cores na seleção e também no clube e isso me deixa bastante contente", falou o ponteiro ao site oficial da Cimed.

*com Gazeta Esportiva

Leia tudo sobre: voleicimedskysuperliga masculina

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG