Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

No tie break, Cruzeiro vence Cimed e continua perto do líder

No primeiro clássico da Superliga masculina em 2011, time mineiro fez 3 sets a 2 para cima dos atuais campeões

Gazeta Esportiva |

Nesta quarta-feira, o Sada/Cruzeiro encontrou dificuldades, mas bateu a Cimed/Florianópolis por 3 sets a 2, parciais de 25/19, 15/25, 25/21, 18/25 e 15/10, e manteve-se no pelotão de frente da Superliga Masculina.

No primeiro set, o Cruzeiro aproveitou a força de sua torcida e, após um início de jogo equilibrado, criou uma vantagem considerável (16 a 11). Marcos Pacheco, técnico da Cimed, bem que tentou orientar seus atletas e neutralizar o ataque celeste, mas a primeira parcial acabou mesmo vencida pelos mandantes: 25 a 19.

Na parcial seguinte, os catarinenses voltaram melhor e, após os dois aces de Éder, o Cruzeiro sentiu o baque. Forte no saque, o time de Florianópolis fechou por 25 a 15 e deixou tudo igual.

No terceiro set, novamente o equilíbrio pautou o duelo. Mas o time mineiro, do técnico Marcelo Mendez, teve mais sangue frio nos momentos decisivos, levou a melhor e ficou perto de obter a nona vitória na Superliga.

Mas a Cimed, atual tricampeã nacional, não deu o braço a torcer. No quarto set, a equipe - que perdeu jogadores importantes como Lucão e Mário Júnior (que se transferiram para o paulista Vôlei Futuro) - impôs uma toada forte, conquistou, de novo, vários pontos no saque e levou o embate ao tio break.

No quinto e decisivo set, o bloqueio de Léo Mineiro, que foi eleito o melhor da partida, destoou e o Cruzeiro acumulou sua nona vitória na competição. O líder da competição, o Sesi-SP, soma, atualmente, 11 triunfos em 11 rodadas.

Na quinta-feira, a 12ª será completada com mais quatro jogos. Destaque para o confronto (entre primeiro e segundo colocados, respectivamente) entre o próprio Sesi, time treinado pelo ex-jogador Giovane Gávio, e o Montes Claros, vice-campeão nacional na temporada passada.

Vivo/Minas atropela Blumenau no sul do país.

Na outra partida da noite, também deu Minas Gerais. O Vivo/Minas, de Belo Horizonte, desbancou o Soya/Blumenau/Martplus por 3 sets a 1, parciais de 21/25, 25/23, 25/16 e 25/22, e chegou ao sexto resultado positivo na competição.

Leia tudo sobre: vôleiSuperliga masculina

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG