Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

"Não tinha técnica, tática, era garra", diz Gustavo, do Pinheiros

Jogando em casa, a equipe do campeão olímpico e mundial conseguir virar em três sets e vencer a Medley/Campinas

Aretha Martins, iG São Paulo |

Garra. Foi a palavra mais repetida na vitória do Pinheiros/Sky sobre a Medley/Campinas em casa, pela décima rodada do returno da Superliga masculina 2010/2011. O time da capital venceu por 3 sets a 2, com parciais de 25/23, 21/25, 23/25, 25/20 e 18/16.

O Pinheiros conseguiu a virada no placar em todos os sets e, por isso, a determinação da equipe foi destacada após a partida. ""Agora era o momento de ter garra. Não tinha técnica, tática, era garra, não tinha outra coisa. Tínhamos de sair arrebentados do jogo. Parabéns a todos pela superação", afirmou o capitão Gustavo, eleito o melhor jogador em quadra.

O técnico Mauro Grasso concordou com o central. "A gente nunca teve um momento tão ruim na temporada como o de hoje. Jogadores machucados, pressão e o resultado adverso", disse o comandante, que não pode contar com o oposto Aranha e o ponteiro Tuba, lesionados, além de Giba, que ainda se recupera de um entorse no tornozelo.

"Se isso não provar que esses jogadores têm garra, nada mais prova. Tenho certeza de que essa atitude não será mais esquecida. Vamos manter essa garra durante toda a temporada", completou Mauro Grasso. 

O Pinheiros/Sky ocupa a sexta colocação na classificação geral da Superliga. Já a Medley/Campinas segue em oitavo lugar, fechando a zona de classificação aos playoffs.

Cimed vence e segue vice

Também na noite de quinta-feira, o Cimed venceu em casa o vice-lanterna São Caetano/Tamoyo por 3 sets a 0 (25/17, 25/19 e 25/21) em 1h26 de partida. João Paulo Tavares, com 12 bolas no chão, foi o maior pontuador do confronto.

A equipe catarinense, atual campeã nacional, segue em segundo lugar na tabela, atrás do Sesi-SP.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG