Seleção masculina de vôlei chegou a encontrar alguma dificuldade no último set, mas venceu por 3 a 0

Como havia pedido o técnico Bernardinho ao longo desta semana, o Brasil encarou a Venezuela neste sábado e garantiu uma importante vitória antes do tão esperado duelo frente à seleção da Argentina, no Campeonato Sul-Americano de vôlei. Em seu quinto jogo na competição, apesar das dificuldades encontradas na última parcial, o Brasil superou os rivais por 3 sets a 0, parciais de 25/14, 25/15 e 27/25.

Em dois belos bloqueios do central Sidão, o Brasil abriu o placar logo no primeiro set impondo seu ritmo de jogo dentro de quadra. Sempre à frente no marcador do ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá, a equipe de Bernardinho fechou o primeiro set em 25/14, sem dificuldades.

Blog Mundo do Vôlei: Brasil faz 3 a 0, mas tem a atuação mais fraca no Sul-Americano

Já na segunda parcial, apesar de sair em desvantagem por 4 a 0, o Brasil se reencontrou em quadra e com um bom ataque de Lucas, inverteu o placar para 8/7. Dominando o restante do set e contando com Lucas como seu maior destaque ao marcar cinco pontos, a Seleção Brasileira venceu por 25/15 sua segunda parcial.

Brasileiros comemoram ponto no triunfo deste sábado sobre a Venezuela
Divulgação
Brasileiros comemoram ponto no triunfo deste sábado sobre a Venezuela

Entretanto, apesar do bom início de jogo, a equipe caiu de rendimento após Bernardinho promover algumas alterações. No lugar de Lucas, Rodrigão começou jogando e a seleção logo viu-se atrás no marcador mais uma vez: 8/6 antes do primeiro tempo técnico.

Abusando de erros de posicionamento, o Brasil sofreu para buscar o resultado, empatado em 23 a 23 antes do pedido de tempo de Bernardinho. No retorno da pausa, a Venezuela ficou perto de fechar o terceiro set, mas Rodrigão igualou o marcador em 24 a 24 e ajudou o Brasil a definir o placar em 27/25 ao final do embate.

Invicto no Sul-Americano até então, ostentando vitórias frente ao Uruguai, Chile, Paraguai, Colômbia e agora, contra a Venezuela. Neste próximo domingo, o Brasil entra em quadra para encarar a rival Argentina, pelo título da competição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.