Dupla perdeu para os russos Semenov e Koshkarev por 2 sets a 0, mas depois venceu os holandeses Schuil e Nummerdor

Utilizando a experiência como principal arma, os brasileiros Márcio e Benjamin estão nas oitavas de final do Grand Slam da Polônia do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. A dupla brasileira fechou a sexta-feira com uma vitória e uma derrota nas areias de Stare Jablonki, cidade que recebe o penúltimo Grand Slam do ano.

No terceiro e último jogo do Grupo N, Márcio e Benjamin tiveram dificuldades e foram superados pelos russos Semenov e Koshkarev por 2 sets a 0 (22/20 e 21/16). Mesmo com a derrota, a dupla classificou-se para a segunda fase, onde recuperou-se em grande estilo, derrotando os holandeses Schuil, campeão olímpico com a seleção de quadra em 1996, e Nummerdor, também por 2 a 0, com duplo 21/19.

"Os russos são jovens, altos e estão crescendo muito no ranking mundial. Jogamos de igual para igual no primeiro set, mas no segundo tivemos dificuldades. Não nos abatemos com a derrota e conseguimos vencer o jogo eliminatória, contra a dupla holandesa, que é forte e experiente. Aos poucos estamos melhorando", explicou Márcio.

Nas oitavas, a dupla do Brasil jogará contra os alemães Brink e Reckermann. Se derrotarem os campeões mundiais de 2009, Márcio e Benjamin disputarão, também no sábado, uma vaga na semifinal com a dupla vencedora da partida entre a dupla russa e Rogers/Dalhausser, dos Estados Unidos.

"Caímos em um cruzamento complicado, mas, neste estágio, em um Grand Slam, todo jogo é difícil. A dupla alemã fez uma excelente temporada em 2009 e oscilou um pouco em 2010. Agora os jogos são todos eliminatórios e nestas partidas a experiência conta muito. Por isso, confio muito na minha dupla", afirmou Márcio, vice-campeão olímpico em 2008.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.