Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Líder Sesi pega o lanterna São Caetano no returno da Superliga

Apesar de encarar o último colocado na tabela de classificação, técnico Giovane prega cautela para duelo

Gazeta |

Com a melhor campanha entre as equipes da Superliga Masculina, o Sesi faz duelo contrastante com o São Caetano/Tamoyo, lanterna da competição. As equipes se enfrentam nesta quarta-feira, às 19 horas, em São Paulo.

O técnico Giovane, bicampeão olímpico quando jogador, alerta para um confronto duro, mesmo com a disparidade entre as equipes na classificação. No primeiro turno, o time do ABC abriu 2 sets a 0, mas sofreu a virada.

O ex-jogador da seleção brasileira é cauteloso com o São Caetano, que está melhor desta vez. "O time deles trouxe novos jogadores para o segundo turno. Temos que entrar focados. Eles vêm de um bom jogo contra o Vôlei Futuro, no qual foram derrotados no tie-break", destacou.

Do outro lado, a equipe do São Caetano/Tamoyo busca sua primeira vitória no torneio após bater na trave várias vezes. O técnico Antônio Gonçalves, conhecido como "Tonico", foca em um jogo constante de sua equipe.

"O jogo contra o Sesi será dificílimo. Eles têm uma artilharia de ataque pesada com Murilo e Sidão. Mas, no primeiro duelo, fizemos uma boa partida e espero que o mesmo aconteça desta vez", ressaltou.

A quarta-feira também será movimentada com outras duas partidas, adiadas do primeiro turno. Em um destes confrontos, a Cimed enfrenta o 11º colocado BMG/São Bernardo, às 19 horas, no ginásio Adib Moyses Dib, em São Bernardo do Campo, em jogo válido pela décima rodada.

O levantador Bruno espera que o time catarinense faça uma boa partida para conseguir a vice-liderança e manter a invencibilidade como visitante. "Uma vitória nos colocará ao lado do Sada Cruzeiro (na segunda posição), o que está em nosso planejamento feito antes do início da Superliga. O BMG/São Bernardo é um adversário de qualidade, mas vamos lutar para alcançar nossos objetivos", frisou o campeão mundial.

No outro confronto válido pelo primeiro turno, o décimo colocado Vôlei Futuro recebe o Soya/Blumenau/Mart Plus, 13º na classificação, às 20 horas, em Araçatuba. A partida conclui a quarta rodada.

Em boa fase, o cubano Oreol Camejo enxerga melhorias no time no decorrer da competição, e busca motivação para continuar em ascensão. "Precisamos fazer o máximo amanhã, lutar até o fim. A maior dificuldade não será o adversário, mas sim nós mesmos. Precisamos nos concentrar e melhorar o rendimento para conquistarmos a vitória", destacou o ponteiro.
 

Leia tudo sobre: vôleisesisuperliga masculina

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG