Duplas já estão classificadas, mas outras duas parcerias brasileirão terão que jogar na última rodada da fase de grupos

Duas duplas brasileiras precisaram de apenas duas rodadas na primeira fase do Grand Slam da Áustria do Circuito Mundial de Vôlei de Praia para garantirem suas vagas na etapa eliminatória da competição. Juliana/Larissa e Talita/Maria Elisa venceram duas vezes e estão classificadas à fase final. Já Maria Clara/Carolina e Ângela/Lili, com uma vitória e uma derrota, lutarão para avançar na última rodada da fase de grupos.

No Grupo A, as campeãs mundiais Juliana e Larissa não tiveram muito trabalho para vencer os dois compromissos do dia. Primeiro, as brasileiras massacraram as austríacas Rimser e Pichler, vencendo por 2 a 0, com parciais de 21/12 e 21/8. Depois, passaram pelas gregas Arvaniti e Tsiartsiani também em dois sets: 22/20 e 21/11. A dupla lidera a chave e tentará confirmar a condição nesta quinta, quando enfrentará as também invictas Akers e Branagh, dos Estados Unidos, na terceira rodada.

Na chave C, Talita e Maria Elisa também venceram seus dois jogos, mas, ao contrário das compatriotas, ocupam a segunda posição. A dupla estreou derrotando as brasileiras naturalizadas georgianas Cris e Andrezza por 2 a 1 (21/16, 19/21 e 15/10) e depois repetiu o placar diante das norte-americanas Fendrick e Hanson, com parciais de 28/26, 15/21 e 15/11. Nesta quinta, Talita e Maria Elisa tentarão tomar a liderança das tchecas Kolocova e Slukova em confronto direto.

"Os jogos do nosso grupo foram muito disputados e isso mostra o equilíbrio entre as parcerias. Na última rodada da fase classificatória iremos buscar a liderança. Será mais uma partida difícil. O time está evoluindo a cada etapa", diz Maria Elisa.

Também vice-líderes de seu grupo (a chave H), Ângela e Lili estão perto de assegurar vaga na segunda fase. A dupla enfrentará as canadenses Bansley e Maloney na última rodada e poderá avançar mesmo em caso de derrota. Nesta quarta, as brasileiras perderam para as holandesas Keizer e Van Iersel por 2 sets a 1 (21/16, 17/21 e 16/18), mas depois se recuperaram e bateram as donas da casa Hansel e Montagnolli por 2 a 0 (21/15 e 21/19).

As irmãs Maria Clara e Carolina também fecharam o dia com uma vitória e uma derrota e estão em terceiro lugar no grupo E. As filhas da ex-jogadora Izabel realizarão jogo decisivo com as norte-americanas Kessy e Ross nesta quinta. Na estreia em Klagenfurt, Maria Clara e Carolina venceram as italianas Gioria e Momoli por 2 a 1 (21/13, 17/21 e 15/10). Depois, foram superadas pelas gêmeas finlandesas Erika e Emilia Nystrom também em três sets: 21/19, 19/21 e 17/19.

Billy e Bruno Schmidt passam pelo qualifying - No torneio masculino, que dará início à fase principal nesta quinta, o Brasil será representado por cinco parcerias. A quinta e última vaga foi assegurada nesta quarta, no qualifying, quando Billy e Bruno Schmidt derrotaram os russos Barsouk e Bogatov por 2 sets a 0, com duplo 21/16.

A dupla de juntará a Alison/Emanuel, Ricardo/Pedro Cunha, Márcio/Benjamin e Thiago/Harley na disputa pelo título em Klagenfurt. Líderes do ranking mundial, Alison e Emanuel apostam na regularidade para buscar mais um bom resultado.

"Temos conseguido manter um bom ritmo e uma boa regularidade, jogando sempre no nosso limite e estou muito satisfeito com o que a nossa dupla está alcançando. Este é o último Grand Slam do ano, a temporada está bastante equilibrada e queremos fechar da melhor maneira possível essa série", afirmou Alison, o 'Mamute'.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.