Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Juliana e Larissa podem encerrar temporada vitoriosa com recordes

Com 35 vitórias consecutivas até o momento, dupla pode chegar a 40 triunfos seguidos em Búzios

Gazeta Esportiva |

Um ano que já foi ótimo pode terminar ainda melhor para as campeãs antecipadas do Circuito Brasileiro de vôlei de praia, Juliana e Larissa. Em Búzios (RJ), onde disputarão a partir desta sexta-feira a 12ª e última etapa da temporada, as campeãs pan-americanas poderão escrever seus nomes na lista de recordistas da competição, atingindo duas marcas históricas.

Campeãs das últimas sete etapas da competição, realizadas em Goiânia (GO), Campo Grande (MS), Fortaleza (CE), João Pessoa (PB), Maceió (AL), Salvador (BA) e Vila Velha (ES), Juliana e Larissa passarão a formar a dupla com maior número de títulos consecutivos na história da competição se vencerem também em Búzios. Desta forma, as comandadas de Reis Castro irão superar os atuais recordistas, Alison e Harley, que venceram as sete últimas etapas da temporada 2009.

Se a conquista vier de maneira invicta, com cinco vitórias, outro recorde será incorporado ao currículo das pentacampeãs do Circuito Mundial. Com 35 vitórias consecutivas obtidas até o momento na competição, Juliana e Larissa poderão chegar a 40 triunfos seguidos em Búzios, superando a série invicta de 39 partidas obtida pelas medalhistas olímpicas Adriana Behar e Shelda entre as temporadas 2001 e 2002.

"Buscar estas marcas será a nossa motivação em Búzios", garante Larissa. "Fico muito feliz quando nos aproximamos destes recordes, pois isso só acontece porque estamos conseguindo vencer as partidas e os torneios. Adriana Behar e Shelda construíram uma parte da história do vôlei de praia brasileiro e fico muito feliz ao ver que Juliana e eu, aos poucos, estamos conseguindo trilhar um caminho vitorioso também", comenta a paraense.

Larissa pode ter ainda outro motivo para fazer da etapa fluminense marcante em sua carreira. Com 49 títulos obtidos no Circuito Brasileiro, a paraense vive a expectativa de chegar ao 50º título na etapa de encerramento da temporada. Com a marca, ela igualará Emanuel e ficará atrás apenas das medalhistas olímpicas Shelda e Adriana Behar, que já venceram 72 e 69 vezes respectivamente.

"São muitos títulos, não tinha noção de que estava próximo de um atleta tão vitorioso como o Emanuel. Estas são as coisas que nos movem, que valorizam todo nosso trabalho. Está cada vez mais difícil manter a concentração no fim de um ano tão desgastante, mas estes objetivos que surgem nos fazem superar tudo. A temporada ainda não acabou", comenta a atleta paraense.

Leia tudo sobre: vôlei de praia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG