As brasileiras venceram o jogo no tie-break e conquistaram o título inédito no Foro Itálico, em Roma

Divulgação/FIVB
Festa de Juliana e Larrisa na quadra em Roma
A dupla brasileira Juliana e Larissa faturou o ouro no Campeonato Mundial de vôlei de praia neste domingo, em Roma, na Itália. As brasileiras venceram as norte-americanas bicampeãs olímpicas e tri-mundiais Kerri Walsh e Misty May por 2 sets a 1, com parciais de 21/17, 13/21 e 16/14.

Esse era um dos títulos que faltava na carreira de Juliana e Larissa. Elas são pentacampeãs do Circuito Mundial, mas haviam levado apenas o bronze em 2007 e a prata em 2005 e em 2009 no Campeonato Mundial. O Brasil não era campeão do torneio desde 2001, quando Adriana e Shelda faturam o bi.

E o País ainda levará mais um ouro na Itália. Ainda neste domingo, Márcio/Ricardo e Alison/Emanuel duelam na final do masculino.

O jogo

O primeiro set começou equilibrado, com as duplas trocando pontos até meados da parcial. Aos poucos, a dupla brasileira acertou o tempo da defesa e, utilizando bolas de segunda, fez quatro pontos seguidos e abriu 13 a 8. Pouco depois, a vantagem chegou a 16 a 10, com um ace de Juliana. As norte-americanas reagiram e, após dois bloqueios e um contra-ataque da Walsh, encostaram em 16 a 15. Juliana, que seguiu como alvo do saque, correspondeu e o Brasil reagiu e, um ataque na rede de May, fechou em 21 a 17.

No segundo set, as brasileiras seguiram sacando em cima de May, a mais baixa das norte-americanas e continou na frente, logo abrindo dois pontos. Mas a parcial ficou mais equilibrada que a primeira e norte-americanas viraram em 10 a 7 com dois pontos de Walsh, um saque e um bloqueio, e um ataque fora de Larissa. As brasileiras seguiram errando mais e a diferenã chegou a 10 pontos, com 18 a 10 no marcador. Em mais uma bola fora de Juliana, as norte-americanas empataram o jogo com um 21 a 13 no segundo set.

No tie-break, as norte-americanas sairam na frente e anotaram 6 a 3 com um contra-ataque de Walsh. As brasileiras tentaram equilibrar e encostaram no placar em 9 a 8, mas a gigante Walsh parou Larissa no bloqueio e as norte-americanas voltaram a ter a vantagem de dois pontos. E, de novo, ela segurou Juliana na rede e impediu o empate das brasileiras. O troco veio no final do set. Juliana conseguiu um bloqueio e virou em 15 a 14. Depois, ela subiu de novo à rede, parou o ataque rival e fechou o set em 16 a 14.

Juliana e Larissa levantam troféu de campeãs mundiais
Divulgaçao/FIVB
Juliana e Larissa levantam troféu de campeãs mundiais

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.