Tamanho do texto

Brasileiras ganharam dois jogos nesta quarta, ficando muito perto da classificação em Gstaad

selo

Na abertura da etapa suíça do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, nesta quarta-feira, em Gstaad, as brasileiras Juliana e Larissa atingiram um feito histórico: ultrapassaram a marca de 850 vitórias na carreira. Elas ganharam os dois jogos que fizeram no dia, ficando muito perto da classificação para a próxima fase.

Atuais campeãs mundiais de vôlei de praia - título conquistado no dia 19 de junho, em Roma -, Juliana e Larissa estrearam em Gstaad diante das suíças Forre e Vergé-Dépré, quando conseguiram a marca de 850 vitórias: 21/16 e 21/12. Depois, elas ainda derrotaram as gregas Arvaniti e Tsiartsiani por 21/19 e 21/10.

"Toda marca deve ser comemorada, porque é sempre conquistada cm muito esforço e dedicação. Mas, no nosso dia a dia, não há muito tempo para festejar porque já teremos mais jogos pela frente e objetivos a atingir", disse Larissa, lembrando que a dupla enfrenta as alemãs Holtwick e Semmler nesta quinta-feira.

Enquanto Juliana e Larissa somaram duas vitórias, outras duas duplas do Brasil tiveram uma derrota cada nos dois jogos que fizeram nesta quarta: Taiana/Vivian e Maria Clara/Carol. Elas seguem com boas chances de classificação, diferentemente das também brasileiras Talita e Maria Elisa, que perderam duas vezes.

Na chave masculina em Gstaad, os brasileiros Pedro Solberg e Ferramenta passaram pelo qualifying nesta quarta-feira e entraram na disputa da etapa, que começa nesta quinta. Assim, o Brasil terá quatro duplas, pois Alison/Emanuel, Ricardo/Márcio e Benjamin/Bruno Schmidt já estavam classificados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.