Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Irreconhecível, Brasil perde para EUA na estreia na Copa do Mundo

Seleção feminina não jogou bem e só conseguiu vencer um set na primeira partida da competição no Japão

Gazeta |

A seleção brasileira feminina de vôlei realmente não tem sorte nas disputas da Copa do Mundo do Japão. Em sua estreia na competição a qual nunca venceu, a equipe do técnico José Roberto Guimarães teve pela frente logo de cara os Estados Unidos. Muito longe dos melhores dias, o Brasil não foi páreo para o forte ataque e defesa norte-americanos, e perdeu o jogo por 3 sets a 1, em parciais de 25/22, 17/25, 27/25 e 25/19, após quase duas horas de partida.

O começo do jogo, no entanto, foi bastante disputado. O Brasil chegou a ficar na frente nos primeiros pontos, mas com Bown em grande jornada, as norte-americanas chegaram ao primeiro tempo técnico já liderando o marcador. Na segunda parada, a diferença chegou a seis pontos (16 a 11), e nem uma breve reação fez os EUA perderem o set.

Depois de uma sonora bronca do sempre comedido técnico Zé Roberto, as brasileiras voltaram melhor no segundo set. Ainda que continuassem esbarrando na defesa rival, elas conseguiram dominar o placar e deslanchar no final do set para vencer a parcial por oito pontos de diferença e empatar a partida em 1 a 1.

FIVB/Divulgação
Fabi e Dani Lins vão para a bola, mas ninguém acha nada

No entanto, a reação brasileira parou ali. As norte-americanas começaram com a mesma regularidade e, se aproveitando dos erros das brasileiras e do bloqueio da meio de rede Dani Scott, de 2,00m, elas igualaram as ações com o Brasil - que só conseguiu liderar o placar no final do set. Uma nova reação dos EUA, no entanto, empatou o jogo em 24 iguais, e com a primeira chance de set point após várias brasileiras, elas fizeram 27 a 25 na parcial e 2 a 1 no palcar.

No terceiro set o Brasil praticamente entregou os pontos. Depois de tentar se manter próximo das norte-americanas, elas tiveram uma desvantagem de seis pontos no segundo tempo técnico, que se manteve até o final da parcial fechada em 3 sets a 1. Dani Scott foi eleita a melhor atleta da partida, com justiça.

Na próxima rodada do Grupo B, o Brasil disputará sua segunda partida na Copa do Mundo contra a seleção do Quênia, neste sábado, às 7h20 (horário de Brasília).

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG