Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Giba aceita banco e destaca coletivo: "Não importa quem começa"

Brasil venceu Cuba nesta quarta-feira depois de uma virada dramática e de quatro mudanças na equipe

Aretha Martins, iG São Paulo |

Divulgação/FIVB
Giba sobe na rede e disputa bola com o levantador cubano Diaz
A seleção brasileira masculina de vôlei sofreu, mas venceu Cuba no tie-break em sua estreia na fase final da Liga Mundial. Bernardinho colocou em quadra um time diferente do usado nos últimos jogos da etapa classificatória e ainda precisou trocar peças para que os brasileiros reagissem na partida.

"Nós temos 12 jogadores e não importa quem começa em quadra. Nós jogamos pelo time", disse Giba na entrevista coletiva após o jogo. O atacante já foi eleito o melhor do mundo e, agora, mesmo do banco, destaca a força do coletivo no Brasil. Ele marcou 10 pontos na partida.

Ter 12 jogadores prontos para atuar contou para o resultado sobre Cuba. O levantador Marlon, que assumiu o posto na vitória sobre a Polônia fora de casa na semana passada, entrou como titular e fez dupla com Leandro Vissotto, que estava afastado do time desde a lesão na coxa no final de semana de jogos contra os Estados Unidos . Dante, que também ficou fora dos primeiros jogos da Liga Mundia por causa de uma inflamação no joelho direito, foi outro titular

Entretanto, o Brasil perdeu os dois primeiros sets e só consegui a virada com novas alterações. Marlon, Leandro Vissotto, Dante e Rodrigão deram lugar, respectivamente, a Bruno, Théo, Giba e Sidão. Com a nova formação, a seleção venceu três sets e fechou a partida.

Bruno, um dos responsáveis pela virada, destaca a melhora no saque como diferencial. "Nosso saque não funcionou no começo e tivemos que mudar. Optamos por um saque mais direcionado e deixamos o bloqueio trabalhar melhor. Com isso, forçamos os cubanos a cometer alguns erros no ataque", disse.

Apesar da vitória, Bernardinho fez críticas ao time . "Eu estou muito triste com a atitude do meu time na primeira parte do jogo, ainda bem que isso melhorou na segunda parte", afirmou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG