Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Fofão diz que vice-campeãs não precisam pedir desculpas

Ex-jogadora da seleção brasileira declarou ter muito orgulho das jogadoras que perderam para a Rússia neste domingo

Gazeta Esportiva |

Enquanto o Brasil fazia a final do Mundial feminino em Tóquio, uma pessoa sofria no papel de torcedora a milhares de quilômetros dali. Símbolo da conquista do ouro nas Olimpíadas de Pequim, a levantadora Fofão confessou que ficou muito nervosa durante o jogo. Mais: declarou ter muito orgulho das jogadoras e disse que ninguém precisa pedir desculpas pelo vice.

"Que pecado", lamentou a atleta, direto de Istambul, onde defende a equipe do Fenerbahce. "Estava vendo pela TV elas chorando e pedindo desculpas, mas isso é quando você perde por 3 a 0, não em uma final como essa. É que quando você sai de quadra neste momento, é difícil de entender.... Mas eu tenho orgulho do que elas fizeram", destacou a atleta.

Fofão viveu situação semelhante há quatro anos, quando o Brasil também perdeu uma final de Mundial para a Rússia no tie-break. Agora, de longe, a jogadora ficou muito tensa ao ver as ex-companheiras de seleção em quadra. "Nem consegui ver o quarto set", comentou Fofão.

A levantadora ainda usou sua experiência para analisar a partida. "A Rússia ali estava com mais facilidade, defenderam bolas difíceis em momentos importantes. No quarto set, a vantagem estava muito grande e aí fica difícil buscar", destacou.

"Fazer um quarto set deste jeito é um perigo para o tie-break. Mas foi de igual para igual. Sempre digo que o tie-break é segurança e as russas estavam com isso, então ficou difícil de bloquear", continuou Fofão, que ainda falou sobre a atuação de Gamova, que marcou 35 pontos na final e foi eleita MVP do campeonato. "É uma jogadora que eu conheço desde que começou e ela jogou mesmo com bloqueio. Isso deu uma confiança para a Rússia", afirmou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG