Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Ex-levantador Maurício é indicado para o Hall da Fama do vôlei

Maior vencedor da história do esporte no país, ídolo será o 7º brasileiro a receber a honraria

iG São Paulo |

Divulgação
Maurício mostra sua coleção de medalhas
O ex-levantador Maurício, bicampeão olímpico com a seleção brasileira masculina de vôlei (1992 e 2004), terá seu nome incluído no Hall da Fama da modalidade. O ex-jogador fará parte da classe 2012 ao lado do holandês Peter Blange, da russa Lyudmila Buldakova, dos americanos Mike Dodd e Jeff Stork e do russo Georgiy Mondzolevski.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A cerimônia de indução acontecerá nos dias 19 e 20 de outubro, em Holyoke, Massachusetts, nos Estados Unidos. Maurício será o sétimo brasileiro a receber a honraria. Bernard Razman, Jaqueline Silva, Carlos Arthur Nuzman, Ana Moser, e a dupla Adriana Behar e Shelda já tiveram seus nomes eternizados na modalidade.

SUPERLIGA FEMININA: Unilever perde para Mackenzie na 1ª partida das quartas

O ex-levantador teve uma carreira recheada de conquistas. Mauricio disputou cinco Olimpíadas e foi campeão mundial, em 2002. Na Liga Mundial foram mais quatro títulos: 1993, 2001, 2003 e 2004. Por clubes nacionais, foi tricampeão paulista, tri do Brasileiro, bi da Copa do Brasil, tetra do Sul-Americano e duas vezes vice-mundial pelo extinto Banespa. Pelo Olimpikus, conquistou mais um Sul-Americano e outro Brasileiro. Ainda foi mais campeão nacionais mais três vezes pelo Minas.

SUPERLIGA FEMININA: Usiminas/Minas e Vôlei Futuro saem com vantagem nas quartas

Já no voleibol italiano, Maurício foi campeão da Copa Itália de 1993 pelo Daytona Modena e também faturou o título da Copa CEV pela Macerata, em 2005.

Leia tudo sobre: MaurícioHall da Fama

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG