Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Cuba e China evitam eliminação precoce. Itália é surpreendida

Pela chave B, que também conta com o Brasil, a Itália foi surpreendida pela República Tcheca, que virou para fazer 25/27, 27/29, 25/23, 25/22 e 17/15

Gazeta Esportiva |

Duas das principais seleções do mundo escaparam nesta terça-feira de uma vexatória eliminação ainda na primeira fase do Campeonato Mundial feminino de vôlei. Ainda que bastante pressionadas, Cuba e China garantiram vitórias nesta penúltima rodada e seguem vivas na competição.

Após cair ante Croácia e Alemanha e só vencer o Cazaquistão no tie-break, a renovada equipe cubana fez seu melhor jogo e bateu a Tailândia por 25/19, 29/27 e 27/25. As caribenhas, porém, ainda seguem em situação complicada, já que estão em quarto lugar no grupo C - de acordo como regulamento, passam à fase seguinte os quatro melhores dos seis componente de cada grupo.

Cuba soma seis pontos, um a mais que as croatas, mas encara os Estados Unidos na última rodada. Atuais vice campeãs olímpicas e vencedoras do último Grand Prix, as norte-americanas detonaram o Cazaquistão por 25/17, 25/19 e 25/19. Completando a chave, as alemãs superaram a Croácia por 26/24, 25/18 e 25/21.

Integrante do grupo D, a China fez um jogo de vida ou morte contra a República Dominicana e se deu melhor, vencendo por 25/12, 25/21 e 25/14. Com isto, as asiáticas asseguram a vaga e, de quebra, ainda despacharam a equipe comandada pelo brasileiro Marcos Kwiek.

O primeiro lugar do grupo é da Rússia, que nesta terça acabou com a invencibilidade sul-coreana derrotando as rivais por 3 sets a 1, parciais de 25/18, 25/17, 19/25 e 25/22. Já a Turquia precisou do tie-break para despachar o Canadá: 19/25, 20/25, 25/14, 25/17 e 15/08.

Pela chave B, que também conta com o Brasil, a Itália foi surpreendida pela República Tcheca, que virou para fazer 25/27, 27/29, 25/23, 25/22 e 17/15. Maior saco de pancadas da competição, o Quênia foi presa fácil para a Holanda, que triunfou por 25/08, 25/14 e 25/11.

No grupo A, Japão e Sérvia se garantiram na segunda fase com boas vitórias: enquanto as donas da casa fizeram 25/09, 25/13 e 25/08 sobre a Costa Rica, as europeias bateram a Argélia por 25/15, 25/12 e 25/21. Já a Polônia fez 25/10, 25/15 e 25/16 no Peru.

Leia tudo sobre: vôlei - campeonato mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG