Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Cruzeiro vence clássico mineiro e acumula duas vitórias na Superliga

Sada/Cruzeiro derrotou o Vivo/Minas por 3 sets a 1, parciais de 25/16, 23/25, 25/15 e 25/14, em Itabira

Gazeta Esportiva |

Na noite desta sexta-feira, o Sada/Cruzeiro derrotou o Vivo/Minas por 3 sets a 1, parciais de 25/16, 23/25, 25/15 e 25/14. Com o o resultado, o time celeste acumulou o segundo triunfo na Superliga 2010/2011. A partida serviu como reedição da final do último Campeonato Mineiro, quando os celestes também venceram e sagraram-se campeões.

A partida, realizada na cidade de Itabira, fez parte da 11ª rodada e foi adiantada na tabela devido aos jogos dos campeonatos estaduais que acontecem paralelamente.

Após um início de jogo parelho, o Cruzeiro aproveitou a disposição do oposto Wallace e acumulou uma vantagem considerável após a primeira parada técnica. Além disso, o elenco estrelado contou com a desatenção da equipe adversária (que perdeu 12 pontos por erros) e venceu o primeiro set por 25 a 16, com um bloqueio fácil de Felipe.

Na segunda parcial, os expoentes do Minas - Henrique, André Nascimento e Marlon, este levantador tricampeão com a seleção brasileira - acordaram, superaram a resistência do Cruzeiro e empataram o embate, na raça, por 25 a 23. O bloqueio do time de Belo Horizonte - pífio no primeiro set - foi decisivo.

Com o susto, os mandantes voltaram ao jogo imprimindo uma toada forte e, logo de cara, passaram a comandar o marcador. Beneficiado por uma rede intransponível, a Raposa bloqueou bem, levou a melhor por 25 a 15 e ficou perto de obter a segunda vitória consecutiva na Superliga.

Na rodada passada, a equipe do técnico Marcelo Mendez desbancou o Pinheiros/Sky por 3 a 0 e se recuperou do baque da estreia, quando não foi páreo para o Sesi/SP - na ocasião, a equipe tomou uma virada depois de abrir 2 sets a 0.

Embalados, os cruzeirenses voltaram para o quarto set decididos em fechar, sem a necessidade do tie break. Prova disso foi o início arrasador: 5 a 0 por intermédio do bom saque de Felipe. A 'gordurinha' acumulada no início foi determinante e a Raposa pôde somar mais uma vitória no Nacional.

Em posição oposta, o Minas continua sem saber o que é vencer. Foi o terceiro revés em três rodadas. Os algozes anteriores foram Pinheiros/Sky e Sesi-SP.

No sábado, mais três jogos serão realizados. Destaque para o compromisso do atual campeão, Cimed/Florianópolis. O adversário será o Medley/Campinas (equipe do ex-selecionável André Heller e cujo diretor é o ex-levantador Maurício. 

Leia tudo sobre: vôlei - superliga masculina

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG