Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Crise nuclear faz Liga Mundial inverter mandos do Japão

Partidas contra Alemanha, Rússia e Bulgária foram transferidas aos seus respectivos países, pois equipes se recusaram a viajar

Gazeta |

Seis jogos que o Japão disputaria em casa pela Liga Mundial de Vôlei terão seus mandos invertidos por causa da crise nuclear, informa a agência Reuters. As partidas contra Alemanha, Rússia e Bulgária foram transferidas aos seus respectivos países, pois as equipes se recusaram a viajar ao país asiático.

Após o terremoto e tsunami que assolaram o Japão no mês passado, a usina de Fukushima foi danificada e o nível de alerta elevado ao mesmo nível do desastre de Chernobyl, em 1986.

A equipe asiática enfrentaria a Alemanha, em 11 e 12 de junho, em Saitama, a Rússia, em 18 e 19, em Nagasaki, e a Bulgária, em 25 e 26, em Wakayama. Apenas Saitama corre risco de receber a radiação vazada da usina.

Leia tudo sobre: Liga MundialJapãoterremototsunamiacidente nuclear

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG