Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Com virada no fim, Minas vence Campinas fora de casa na Superliga

No confronto dos ex-selecionáveis, André Nascimento levou a melhor sobre André Heller e Minas venceu por 3 a 2

Gazeta |

Em jogo válido pela segunda rodada do returno da Superliga Masculina, o Medley/Campinas recebeu o Vivo/Minas no ginásio Taquaral, na noite desta terça-feira. Em um confronto de dois ex-selecionáveis, André Heller e André Nascimento respectivamente, melhor para o atleta da equipe mineira, que virou o jogo no tie-break para vencer por 3 sets a 2, em parciais de 25/21, 24/26, 25/16, 20/25 e 15/12, após duas horas e 30 minutos de partida.

Em um jogo de pontos rápidos, vantagem dos ataques sobre as defesas, além poucos e curtos ralis, a vitória ajudou o Minas, que iniciou o confronto na nona colocação da tabela e ganhou duas posições, chegando ao sétimo lugar (oito vitórias e sete derrotas, com 23 pontos). O Campinas passou para a nona colocação, com seis vitórias e dez derrotas (22 pontos).

A rodada, iniciada na última quarta-feira (19) com a vitória do agora líder Sesi sobre o São Caetano por 3 sets a 1, será completa na próxima quinta (27) com mais quatro jogos. Na sexta-feira, o vice-líder Sada Cruzeiro enfrenta o Vôlei Futuro, sétimo colocado, no encerramento da rodada.


O jogo
Com o ginásio Taquaral lotado, o Campinas sentiu a obrigação de atuar bem para responder todo o incentivo da sua torcida, e assim o fez nos minutos iniciais do jogo. Mesmo com boa atuação do canhoto André Nascimento, os centrais André Heller e Gustavão comandaram a equipe e mantiveram a ponta no placar durante todo o primeiro set, vencido por 25 a 21.

Na segunda parcial, o Minas reagiu e começou a parcial vencendo, estando na frente do placar desde o início e durante a primeira e segunda paradas técnicas. No entanto, Gustavão apareceu mais uma vez, e fez com que o time paulista virasse no placar em 19 a 18, mantendo a ponta até o set point, em 24 a 22.

No entanto, a equipe mineira voltou a respirar no jogo e marcou dois pontos, empatando o jogo em 24 a 24 e forçando o 26º ponto. O time campineiro sentiu a pressão, e não conseguiu mais pontuar no set, dando a vitória ao Minas por 26 a 24 e empatando a partida em 1 set a 1.

No terceiro set a reação do Minas foi controlada, e a situação da partida voltou a ser como na primeira parcial. O Campinas dominou em todo o período e não teve problemas para fechar rapidamente em 25 a 16, no set mais rápido da partida até então.

No quarto set, quando se esperava que o Campinas confirmasse seu domínio no jogo e encerrasse a partida, o Minas respirou novamente, e a torcida sentiu o baque. O time da casa deu mole mais uma vez, e a agremiação mineira ganhou confiança para fazer 25 a 20 e empatar o jogo, levando a parcial para o tie-break.

No set final, o Campinas tentou novamente tomar para si o controle do jogo, e largou na frente logo no início do set, chegando a ficar com 7 a 4 no placar. Depois, vacilou e deixou os rivais empatarem em boa jogada de André Nascimento, em 9 a 9. Depois, Thiago Sens foi bem e marcou duas vezes para recolocar sua equipe na frente em 11 a 9. Minutos depois, no entanto, o Minas conseguiu a virada em 13 a 12. Com um ponto de bloqueio, o baixinho Marlon confirmou o melhor momento do Minas no jogo e fechou a parcial em 15 a 12, e três sets a dois para o time visitante.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG