Time financiado por Eike Batista perdeu por 3 a 2 em um Maracanãzinho repleto de festividades

Divulgação
O homenageado Nalbert posa ao lado de Dante, do RJX
O RJX, equipe criada pelo empresário Eike Batista, realizou, nesta quinta-feira, sua primeira partida e contabilizou sua primeira derrota. Recheado de selecionáveis, o time carioca perdeu para a  Cimed/Florianópolis por 3 sets a 2, parciais de 17/25, 19/25, 25/18, 25/16 e 15/13.

O amistoso disputado no Ginásio do Maracanãzinho foi repleto de festividades. Antes de tudo porque a cidade do Rio de Janeiro voltou a ter uma equipe na Superliga Masculina após 12 anos. Além disso, Nalbert - campeão olímpico em Atenas-2004 - foi homenageado e pôde fazer sua 'despedida' oficial.

Nalbert, campeão mundial pelo Brasil em três categorias, entrou em quadra vestindo a camisa do RJX e, mesmo há dois anos fora das quadras, não fez feio e ajudou os donos da casa a abrirem o placar: 25/17. Após o set, o ex-jogador recebeu honrarias tanto da CBV (Confederação Brasileira de Vôlei), quanto da Federação Carioca.

Na parcial seguinte, o sexteto carioca - com nomes como Theo, Dante, Marlon e Lucão - manteve a toada e, mesmo com Giba e Bruninho do outro lado da rede, fez 2 a 0 no marcador.

Após saírem atrás, os catarinenses, comandados pelo técnico Marcos Pacheco, acordaram e descontaram. Com o triunfo no terceiro set, o time do Sul do País (ainda sem o experiente Gustavo) cresceu e levou para o tie break.

No quinto e decisivo set, prevaleceu a maturidade da Cimed. Apesar do revés, o RJX mostrou que virá com tudo na próxima edição do Nacional.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.