Além de não conquistar o bicampeonato, os brasileiros perderam a chance de defender o país no Mundial de clubes em Doha, no Catar

A Cimed/Florianópolis tentou, mas não conseguiu. A equipe do campeão mundial Bruninho, que até a noite deste domingo era a campeã do Sul-americano de clubes, caiu diante do Drean Bolívar, da Argentina, jogando na cidade dos rivais. Além de não conquistar o bicampeonato, os brasileiros perderam a chance de defender o país no Mundial de clubes em Doha, no Catar.

Com o ginásio tomado por torcedores do Bolívar, a Cimed brigou de igual para igual com o atual campeão argentino. Apesar de ter um match-point a seu favor no tie-break, ao fazer 14 a 13, a equipe do técnico Marcos Pacheco volta para o Brasil com a derrota amarga. Os hermanos venceram por 3 sets a 2 (23/25, 25/19, 26/24, 19/25 e 16/14).

Sem a vaga para disputar o Mundial, a Cimed agora volta a sua concentração para o início da Superliga. Campeã de quatro edições, inclusive da última, a equipe catarinense se prepara para o início da temporada 2010/2011, a partir do dia 6 de novembro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.