Tamanho do texto

Para o seu lugar, foi chamado o meio-de-rede Éder, que já está a caminho de Belo Horizonte para os treinos

O central Gustavo, que disputou a última edição da Superliga masculina pelo Pinheiros/Sky, fraturou o quinto metatarso do pé esquerdo e ficará de fora dos treinos com a seleção brasileira de vôlei, que está em Belo Horizonte-MG, durante quatro semanas. Ele não jogará mais nesta edição da Liga Mundial, que terá sua fase final realizada entre os dias 6 a 10 de julho.

Para o seu lugar, foi chamado o meio-de-rede Éder, também da Cimed, que já está a caminho de Belo Horizonte para a disputa do torneio entre nações e deve se apresentar com o elenco comandado pelo técnico Bernardinho nos próximos dias.

Com 12 pontos e quatro vitórias em quatro jogos, o Brasil é líder do grupo A da competição, que conta também com Estados Unidos, Polônia e Porto Rico. No próximo sábado, às 10h (horário de Brasília), e no domingo, às 9h30, a equipe nacional enfrenta os norte-americanos para tentar manter-se na liderança isolada.

Com o desfalque de Gustavo, o grupo que está na capital mineira ficará com os levantadores Bruno e Marlon, os centrais Rodrigão, Lucas, Sidão e Éder, os ponteiros Giba, Murilo, Dante, João Paulo Bravo, Thiago Alves e João Paulo Tavares, os líberos Serginho e Mario Junior, e os opostos Leandro Vissotto, Wallace e Theo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.