Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Brasileiros querem esquecer derrota e voltam atenção para a Rússia

Depois de queda por 3 sets a 2 para Itália, seleção de Bernardinho terá pela frente líder da Copa do Mundo

Gazeta |

Os jogadores do Brasil não querem mais pensar na derrota desta terça-feira , diante da Itália, pela terceira rodada da Copa do Mundo do Japão. Depois de um 3 a 2 bastante apertado a favor dos rivais, a mentalidade dos atletas de Bernardinho agora é voltar as atenções para a Rússia, próximo adversário e líder da competição.

O central Sidão ressaltou a igualdade da partida desta terça e disse que o Brasil não pode se abater após o resultado adverso. "Voleibol é isso. Nós deixamos de sacar um pouco, eles sacaram muito bem no primeiro set e depois caíram um pouco. Acredito que tenha sido nesses momentos de altos e baixos que eles conseguiram fechar a partida", disse. "O campeonato é longo, ainda temos muitos jogos pela frente e, agora, é bola para frente. Ainda temos Rússia e vários outros times muito difíceis e vamos fazer de tudo para conseguir essa classificação".

O líbero Serginho concordou com o colega e frisou que a equipe fez boa partida. "O jogo foi bom. Foi um 3 a 2 bem jogado, que perdemos em detalhes, mas fizemos uma boa partida e o campeonato segue", comentou.

Já o exigente técnico Bernardinho apontou como uma das principais razões pela queda na terceira rodada o baixo aproveitamento no saque, em comparação com o confronto contra os Estados Unidos.

"O nosso saque foi menos eficiente em relação ao jogo de ontem e isso prejudica um pouco o trabalho do bloqueio. Além disso, não conseguimos controlar o oposto deles (Lasko), que fez 27 pontos, e isso, certamente, foi um ponto decisivo a favor deles", explicou o treinador. "Hoje poderíamos ter sido mais eficientes. Apesar disso, tivemos chances de fechar o jogo e não conseguimos. Mas isso faz parte do voleibol de alto nível e agora é pensar para frente. Temos uma pedreira enorme daqui a 48 horas".

As equipes de Brasil e Rússia entram em quadra às 4h (de Brasília) de quinta-feira. A Copa do Mundo de Vôlei classifica as três melhores seleções para os Jogos Olímpicos de Londres, no ano que vem.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG