Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Brasil vence Tailândia e avança como único invicto no Grand Prix

Seleção feminina precisou de pouco mais de uma hora para vencer as donas da casa na última etapa da fase de grupos

iG São Paulo* |

A seleção brasileira femininina de vôlei encerrou a fase classificatória do Grand Prix como a única equipe invicta. Neste domingo, o Brasil venceu a Tailândia por 3 sets a 0 (25/16, 25/12 e 25/18) em uma hora e 10 minutos de partida em Bangcoc, na Tailândia. O time nacional já tinha vaga nas finais e, com o resultado, somou nove vitórias, garantindo a liderança geral do torneio.

O Brasil viaja agora para Macau, na China, sede da fase final. Diferente das últimas edições, desta vez o título do Grand Prix não será decidido nos pontos corridos. As sete melhores seleções e a China serão divididas em dois grupos de quatro e os melhores jogarão as semifinais e a final, no próximo domingo.

A fase final do Grand Prix começa na madrugada da quarta-feira. O Brasil busca o nono título na competição.

Divulgação/FIVB
Central Fabiana ataca para o Brasil. Ela marcou nove pontos no jogo (cinco no ataque e quatro no bloqueio)

No jogo desta manhã (horário de Brasília), a central Thaisa foi a maior pontuadora, com 14 acertos (10 no ataque, três no bloqueio e um no saque). Quem também apareceu bem no time nacional foi a oposta Sheilla, com 11 pontos (8 no ataque e 3 no bloqueio). Do lado tailandês, quem mais pontuou foi a capitã Wilavan Apinyapong, com 11 bolas no chão, todas no ataque.

O jogo

O jogo começou melhor para as donas da casa. No primeiro set, as tailandesas chegaram a ficar na frente do placar na primeira parcial, em 8 a 4. Depois, o time de Zé Roberto começou uma reação e, sem perder a tranquilidade - marca da equipe na competição até aqui - a virada veio logo a partir do 11º ponto, quando a seleção abriu vantagem e encerrou a parcial em 25 a 16.

No segundo set, no entanto, o Brasil não teve dificuldades e deslanchou no marcador desde o início. Com Thaísa aparecendo nos ataques e bloqueios, o time abriu mais de dez pontos de vantagem, e manteve a proporção até aumentá-la nos instantes finais, fechando a parcial com 13 pontos de diferença.

No último set, por sua vez, as tailandesas tentaram mais uma vez complicar as coisas para as brasileiras, chegando a abrir quatro pontos de vantagem (11 a 7 sobre o Brasil). Zé Roberto então pediu tempo e deu uma sonora bronca nas suas comandadas, como até então não havia precisado fazer. E a chamada surtiu efeito. Com um pouco mais de dificuldade e algumas mudanças no time titular, o Brasil virou novamente o placar e fechou a parcial em 25 a 18, e o jogo em 3 a 0.

*com Gazeta Esportiva

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG