Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Brasil vence Estados Unidos por 3 a 1 na Liga Mundial

Partida realizada em Belo Horizonte teve confronto entre a equipe campeã olímpica e o Brasil, campeão mundial

Gazeta |

A seleção brasileira masculina de vôlei sofreu na manhã deste sábado. Na terceira rodada da Liga Mundial, os brasileiros receberam os Estados Unidos no ginásio Mineirinho, em Belo Horizonte, e levou um susto no primeiro set, mas conseguiu vencer de virada por 3 a 1, em parciais de 19/25, 25/21, 25/19 e 25/20, após duas horas de partida.

No primeiro de dois confrontos contra os norte-americanos neste final de semana, o Brasil venceu e teve mais uma pequena vingança contra o atual campeão olímpico, que derrotou o Brasil na decisão nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008.

O time do técnico Bernardinho, atual vencedor da Liga Mundial e da Copa do Mundo, continua na liderança do grupo A, com apenas dois sets perdidos em cinco jogos, e 15 pontos conquistados. Os Estados Unidos continuam em segundo, com nove, seguidos da Polônia, com seis - que, por ser sede da fase final, já está classificada.

O próximo jogo entre as duas equipes, encerrando a primeira fase, será neste domingo, às 10h (horário de Brasília), também no ginásio Mineirinho. Mesmo com uma vitória dos Estados Unidos, o Brasil continuará na primeira colocação da chave.

Vipcomm
Jogadores comemoram ponto na vitória contra os Estados Unidos neste sábado

O Jogo

O Brasil saiu perdendo no primeiro set. Dominado pelos EUA principalmente nas bolas de centro, eles viram os rivais fazerem 9 a 4 no placar. O técnico Bernardinho trocou dois jogadores - Vissotto e Bruninho por Théo e Marlon - mas não viu as mudanças surtirem efeito e o time continuou falhando, ficando em desvantagem de sete pontos por alguns instantes. Novas mudanças foram promovidas, mas o resultado foi o mesmo e o time visitante calou momentaneamente a torcida, vencendo por 25 a 19.

Após bronca de Bernardinho, o Brasil começou melhor o segundo set, e chegou a abrir quatro pontos de vantagem. Depois, o ponta norte-americano William Priddy entrou em ação e comandou o time visitante até a virada no segundo tempo técnico. A entrada de Sidão no lugar de Lucão mudou o jogo, e o Brasil conseguiu dois aces com Marlon e, em ponto de Murilo, fechou o segundo set em 25 a 21 e empatou o jogo em 1 a 1.

No terceiro set, o Brasil continuou demonstrando um bom vôlei, reagindo após momentos ruins na primeira e segunda parciais. Depois de sair perdendo por 6 a 5, conseguiu virar o jogo e ir para a primeira e segunda pausas técnicas em vantagem.  Com boa atuação de João Paulo Bravo, que marcou cinco pontos no set, o Brasil abriu ainda mais vantagem no marcador e fechou em 25 a 19, indo com força e mais tranquilidade para o quarto set.

A quarta parcial teve o mesmo ritmo das demais, mas desta vez o Brasil nunca esteve atrás no placar. Depois de sofrer vários pontos de bloqueio nos dois primeiros sets, Vissoto brilhou e comandou o Brasil no fundamento juntamente com Murilo e Bruninho. O melhor jogador do mundo do vôlei foi quem marcou o ponto final do jogo, que fechou a parcial em 25 a 20 e a partida em 3 a 1, garantindo mais três pontos para o Brasil.

Leia tudo sobre: vôleiliga mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG