Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Brasil perde a terceira e se complica na Copa do Mundo

Seleção brasileira caiu diante da Sérvia por 3 sets a 1, com parciais de 27/25, 20/25, 25/20 e 25/22, e agora é quarto colocado

iG São Paulo |

Divulgação
Sérvia vence por 3 sets a 1 e impõe terceira derrota ao Brasil na Copa do Mundo
O Brasil voltou a ser derrotado na Copa do Mundo de vôlei . Na manhã desta terça-feira, os comandados de Bernardinho perderam para a Sérvia por 3 sets a 1, com parciais de 27/25, 20/25, 25/20 e 25/22, e se complicaram na competição. O resultado manteve o time com 16 pontos e o derrubou para a quarta posição.

VEJA MAIS: Marlon e Wallace priorizam descanso para reagir na Copa do Mundo

A liderança do torneio segue com a Polônia, que tem 20 pontos. A Rússia está no segundo lugar com 21, seguida agora da Itália, que tem 17. Apenas os três primeiros colocados asseguram vaga direta nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

A seleção brasileira tem ainda três desafios pela frente na Copa do Mundo para tentar reverter a situação. Na próxima sexta-feira, encara o Irã. Depois pega a líder Polônia e o anfitrião Japão.

O jogo
Se esperava qualquer tipo de facilidade por causa da fraca campanha sérvia, não foi o que o Brasil viu no primeiro set. Os sérvios entraram com força máxima e, após equilíbrio inicial, se aproveitaram dos erros de saque brasileiros para abrir vantagem. Aí só tiveram o trabalho de administrar o resultado para fechar a primeira parcial em 27/25.

Já no segundo set parecia outro jogo. O time de Bernardinho voltou com outra postura e não demorou para disparar no placar. Assim como a Sérvia fez na parcial anterior, o Brasil apenas trabalhou para manter a folga e fazer 25/20 para empatar o confronto.

O equilíbrio foi a marca do set seguinte. As equipes se mantiveram próximas no placar durante boa parte da partida. Na parte final da parcial, no entanto, os sérvios cresceram e, errando menos que os brasileiros, fecharam em 25/20. Já a última parcial foi a menos equilibrada de todas. Foi a única em que o Brasil não conseguiu se manter próximo dos rivais no placar e a Sérvia anotou 25/21.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG