Em busca de vaga para a final da Liga Mundial de vôlei, os brasileiros enfrentam os argentinos, a grande surpresa do campeonato

Neste sábado, às 12h, aquela que é a maior rivalidade do futebol latinoamericano vai se repetir nas quadras de vôlei. Pela primeira vez a seleção brasileira e argentina se enfrentam em uma semifinal da Liga Mundial . De um lado, o Brasil , maior campeão da Liga, busca seu decacampeonato, de outro, os argentinos, a grande surpresa do campeonato, querem chegar à final pela primeira vez e conquistar um título inédito.

O histórico favorece os brasileiros: sob o comando de Bernardinho, a seleção nunca perdeu para os hermanos. Em 21 partidas, o Brasil cedeu apenas sete sets. Entretanto, essa nova geração de jogadores argentinos, que vem das categorias de base, promete e o jogo, que vale vaga na decisão, deve ser disputado.

Os brasileiros têm diversos jogadores destaques, como o veterano Giba, capitão da equipe. Do lado oposto, o jovem ponteiro Facundo Conde é a grande arma da equipe argentina, tendo sido o terceiro maior pontuador da fase final.

As duas equipes se classificaram já na quinta feira e pouparam seus atletas principais nos confrontos de sexta. Na quinta, os argentinos venceram a Bulgária para conquistar vaga na semi. Já os brasileiros conseguiram uma incrível vitória de virada contra os norte-americanos . Na sexta, em jogos para cumprir tabela e com os times reserva, a Argentina perdeu para a Polônia e os brasileiros foram atropelados pelos russos , que venceram por 3 sets a 0. Para a semifinal, os técnicos Bernardinho e Javier Weber poderão contar com todos os seus jogadores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.