Dante estreia, Brasil vence EUA e fica perto das finais na Liga

Fora de casa, equipe de Bernardinho devolveu a derrota de Belo Horizonte e contou com a volta de Dante ao elenco

Aretha Martins, iG São Paulo | 24/06/2011 23:18

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Foto: Divulgação/FIVB Ampliar

Théo entrou no lugar de Vissotto e foi o maior pontuador do Brasil

A seleção brasileira masculina de vôlei deu o troco nos Estados Unidos na Liga Mundial. Na noite desta sexta-feira, o time de Bernardinho venceu os atuais campeões olímpicos por 3 sets a 1, com parciais de 25/21, 25/20, 21/25 e  25/19 em 1h51 de jogo na cidade de Tulsa. Com o resultado, o Brasil devolve o placar da derrota em casa e segue isolado na liderança do grupo A na competição.

A partida marcou a estreia de Dante na Liga Mundial. O ponteiro chegou ao time com uma inflamação no joelho direito e estava sendo poupado por Bernardinho. Recuperado, ele entrou no terceiro set e fez um ponto de ataque e outro de bloqueio.

Mas o Brasil também teve um susto logo no começo da partida. O oposto Leandro Vissotto sentiu uma fisgada na virilha e deixou a quadra para a entrada de Théo ainda no sexto ponto nacional. O reserva foi o maior pontuador da partida, com 24 bolas no chão.

Ao longo do jogo, o Brasil vacilou no terceiro set, quando deu oito pontos de graça e viu os Estados Unidos abrirem e vencerem a parcial. No outros sets, a seleção dominou o placar, principalmente no início e no final das parciais, e levou sem grandes dificuldades.

Brasil e Estados Unidos voltam a se encontrar neste sábado, às 21h (horário de Brasília) em Tulsa. Com uma nova vitória, o Brasil avança matematicamente para a fase final. Depois da passagem pelos Estados Unidos, o time de Bernardinho terá dois jogos contra os poloneses, também na casa dos adversários.

O jogo

O primeiro set começou equilibrado e logo no sexto ponto, o oposto Leandro Vissotto sentiu uma visgada na virilha e deu lugar a Théo. O Brasil chegou ao primeiro tempo na frente, com 8 a 6. Na segunda parada, a vantagem era de três pontos (16 a 13). Os Estados Unidos empataram no 20 a 20 com um ace depois de uma sequência de saques de Stanley. Porém, a seleção logo se reencontrou na defesa e, aproveitando contra-ataques, abriu e fechou o set em 25 a 21. Théo, substituto de Vissotto, foi o maior pontuador do set, com seis acertos.

O segundo set começou com bons ralis, mas o Brasil seguiu virando os contra-ataques e, com um ace de Théo, abriu 4 a 0. Com dois ataques do novo oposto na rede e contra-ataques, os Estados Unidos buscaram e empataram em 4 a 4. A virada veio no 6 a 5, com ace de Stanley. Logo o Brasil recuperou a liderança com um bloqueio de Murilo e, com Lucão no saque, chegou a 11 a 6. Os norte-americanos ainda diminuiram, mas o Brasil se segurou e, com uma largada de Murilo, marcou 20 a 14. No erro de Stanley, a seleção fez 25 a 20 e venceu mais um set.

Na terceira parcial, o Brasil abriu de novo logo no começo em 5 a 2, mas com três erros de Lucão, os donos da casa viraram em 6 a 5. A maior vantagem norte-americana da partida foi 13 a 10, com boa marcação do bloqueio diante dos brasileiros. Também no bloqueio, Brasil encostou em 14 a 13. Porém, os anfitriões mantiveram a liderança enquanto a equipe nacional seguia errando na virada de bola. Eles fizeram 25 a 21 e forçaram mais um set na partida em Tulsa.

O Barsil começou mais uma vez na frente no quarto set, com 5 a 2 depois de um bloqueio de Giba. Os Estados Unidos devolveram o bloqueio e deixaram tudo igual em 6 a 6. Com um belo rali, o time de Bernardinho abriu 10 a 7. A seleção seguiu com vantagem no placar e fechou o set com facilidade em 25 a 19, vencendo a partida em 3 sets a 1.

Foto: Divulgação/FIVB

Rodrigão e Théo sobem no bloqueio para o Brasil contra Stanley, dos Estados Unidos

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo