Vitória sobre Porto Rico coloca o Brasil na liderança do grupo na Liga Mundial

A seleção brasileira masculina de vôlei contou com a reestreia do experiente central Gustavo na noite deste sábado. Ele iniciou como titular no segundo confronto contra Porto Rico, válido pela primeira rodada da fase internacional da Liga Mundial, e com um pouco menos facilidade, os comandados do técnico Bernardinho venceram por 3 sets a 0, em parciais de 25/19, 31/29 e 25/23, em uma hora e 50 minutos de partida.

Gustavo retorna da aposentadoria e ajuda a seleção a vencer Porto Rico
EFE
Gustavo retorna da aposentadoria e ajuda a seleção a vencer Porto Rico

Bernardinho esteve mais nervoso na segunda partida de sua caminhada rumo ao nono título da Liga Mundial (sem ele, o Brasil venceu a competição apenas uma vez). Para colocar o camisa Gustavo em quadra, o treinador poupou alguns atletas, como Bruninho, Vissotto, Rodrigão e Lucão, e o time sentiu o desentrosamento - tanto que os dois primeiros chegaram a entrar em quadra durante alguns instantes.

Em ritmo de treino, o Brasil conseguiu sua segunda vitória em duas partidas, e volta ao Brasil para disputar a segunda rodada contra a Polônia. A série de partidas será no próximo final de semana, com jogos no sábado (4) e domingo (5) no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro (RJ).

O jogo

Gustavo teve atuação discreta em sua reestreia na seleção, e foi um espelho do time, com pouco ou nenhum brilho, e jogando para o gasto. Escalado no sexteto inicial pela primeira vez desde queretornou da aposentadoria na seleção, ele jogou durante todo o primeiro período e converteu o ponto final da parcial, finalizada em 25 a 19 para o time visitante, após 24 minutos de bola em jogo, e alguns erros tanto do atleta, como da equipe em si.

No segundo set, o time porto-riquenho conseguiu ficar na frente no placar pela primeira vez dentre as duas partidas, ao fazer 2 a 1. Mesmo com as broncas de Bernardinho, Porto Rico conseguiu levar a disputa para 29 a 28 a seu favor, mas o Brasil virou para 31 a 29 e fez 2 a 0 no jogo.

No terceiro set, o Brasil retomou a mão e passou a jogar com maior seriedade que nos sets anteriores. No entanto, não chegou a abrir uma grande vantagem, mantendo de dois a três pontos de diferença como na maior parte da primeira parcial. Os limitados porto-riquenhos chegaram a empatar em 22 a 22, mas após uma série de erros próprios, o Brasil fez 25 a 23 e fechou o jogo em 3 sets a 0, em uma das mais modestas partidas do time de Bernardinho nos últimos tempos.

Apesar da vitória um poucop mais difícil (ainda que por 3 sets a 0), o Brasil lidera o Grupo A, com duas vitórias em duas partidas. Polônia e Estados Unidos têm uma vitória cada, e Porto Rico é o lanterna, com duas derrotas. A segunda rodada será no próximo final de semana, com os confrontos entre Brasil x Polônia e Estados Unidos x Porto Rico.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.