Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Brasil dá lição de vôlei e exalta defesa na vitória sobre Alemanha no Mundial

Para Giovanni Guidetti, seleção brasileira será a campeã do torneio no Japão

Aretha Martins, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861579340&_c_=MiGComponente_C

"Elas nos deram uma lição de voleibol" Foi assim que a capitã alemã Christian Furst resumiu a atuação do Brasil na vitória por 3 sets a 0 nesta madrugada em Nagoya, no Japão, no Campeonato Mundial feminino de vôlei.

"A combinação entre força e rapidez é um dos pontos fortes das brasileiras. Elas têm um grande espírito de equipe e também força física", elogiou Furst, que perdeu a posição de titular durante a partida. Ela poderá ficar mais próxima do estilo de jogo nacional nesta temporada, já que jogará ao lado do técnico José Roberto Guimarães no Fenerbahce, da Turquia.

Na partida desta madrugada, o Brasil domininou os dois primeiros sets com volume de jogo e pontos de bloqueio, 12 em todo o confronto. Depois, ficou atrás no começo da terceira parcial e conseguiu a virada com grande momento de Natalia, maior pontuadora do jogo, com 20 acertos (leia mais sobre a partida).

Divulgação
Alemã Maren Brinker fica no bloqueio duplo do Brasil em partida do Mundial

"Jogamos muito bem nos dois primeiros sets e fizemos o jogo ficar mais tranquilo. No terceiro, a equipe entrou desconcentrada e relaxamos na marcação. Mas o importante é que conseguimos voltar para o jogo, vencemos e agora estamos nas semifinais. Estou feliz com a vaga e com a atuação da equipe na partida de hoje", analisou o técnico José Roberto Guimarães. "Jogamos bem, principalmente na defesa. Nosso bloqueio e nosso saque também foram bem", disse a capitã Fabiana.

"Marcamos muito bem a Kosuch e também armamos um esquema especial para a Ssuschke. São as principais jogadoras do time. Nossa estratégia de jogo era tirar as opções da levantadora e deu certo. Jogamos muito bem. A partir de um bom saque, o bloqueio fez um ótimo trabalho. A defesa estava sempre bem posicionada e também teve atuação muito boa", continou o técnico brasileiro.

Do outro lado, a Alemanha sentiu a boa armação da equipe brasileira. "O Brasil está jogando um voleibol muito bom. é difícil colocar a bola no chão contra elas. Elas têm um bom ataque e um bom bloqueio", afirmou italiano Giovanni Guidetti, técnico da Alemanha.

Guidetti ainda fez uma previsão: "Eu acho que o Brasil será campeão mundial". A vaga na semifinal o time já tem. Agora encara os Estados Unidos, às 3h (horário de Brasília) no encerramento da segunda fase do torneio. Na outra chave, Rússia também já está classificada, como líder do grupo. A semifinal será no próximo sábado e a decisão do Mundial, no domingo.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG