Em Shenzhen, na China, seleção brasileira bateu o Canadá por 3 sets a 1 (25/20, 25/15, 19/25 e 25/19)

A seleção brasileira de Novos conquistou nesta segunda-feira a medalha de bronze na Universíade 2011, em Shenzhen, na China. Após perder para a Rússia na semifinal da competição, o Brasil bateu a seleção do Canadá, por 25/20, 25/15, 19/25 e 25/19, e garantiu um lugar no pódio.

O melhor pontuador do duelo foi o oposto Wallace, com 22 pontos, que tem se destacado desde o início da competição com a camisa verde e amarela. Logo depois dele, o ponteiro Luiz Felipe terminou a partida com 17 anotados. Entretanto, segundo o técnico Rubinho, o mérito da vitória não foi apenas dos dois jogadores.

"Começamos muito bem a partida, com todos atuando em um ritmo forte. Dominamos os dois primeiros sets. No terceiro, eles abriram uma vantagem e não conseguimos recuperar. Também enfrentamos um problema com o Thiago Alves, que teve uma leve torção no tornozelo. O Rogério entrou bem, mas, no último set, vimos que não era nada grave e o Thiago voltou muito bem também", pontuou.

O técnico também frisou que está bastante satisfeito com o desempenho da seleção "B" do país, de mais novos, que futuramente representará o time principal. "Claro que gostaríamos de ter jogado a final, mas, de modo geral, a excursão foi muito proveitosa, os atletas jogaram bastante contra diferentes estilos de jogo, e isso é muito positivo", completou.

"A competição em si é muito legal. Tudo igual a uma edição de Jogos Olímpicos, com uma organização espetacular, como foi em Pequim", concluiu Rubinho, que esteve nas Olimpíadas da China, em 2008, como auxiliar do treinador Bernardinho.

A equipe da Rússia, algoz dos brasileiros na semi, bateu a Ucrânia também nesta segunda, por 3 a 1 (parciais de 25/21, 25/23, 22/25 e 25/14), e foi a grande campeã da Universíade. Ao todo, 20 países foram representados na competição chinesa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.