Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Billy e Bruno Schmidt passam pelo country-cota na Finlândia

Dupla brasileira disputará o qualifying da etapa de Aland do Circuito Mundial de vôlei de praia

Gazeta |

A parceria formada pelo capixaba Billy e o brasiliense Bruno Schmidt venceu nesta quarta-feira o country-cota brasileiro e disputará o qualifying da etapa de Aland do Circuito Mundial de vôlei de praia. A dupla garantiu a vaga após derrotar na final do torneio entre brasileiros Thiago e Harley, com 21/19, 20/22 e 15/12.

"Foi um jogo muito equilibrado. Eles tiveram mais paciência que nós no fim da partida e conseguiram levar os pontos decisivos", analisa Thiago.

O country-cota em Aland marcou também a volta de Pedro Solberg às quadras, após sua suspensão por doping ser revogada pela Federação Internacional de Vôlei (FIVB), que afirmou ter dúvidas quanto ao resultado dos exames da contraprova solicitada pelo atleta.Os quase 30 dias fora das competições, no entanto, pesaram para Solberg, que competiu ao lado de Ferramenta. Em seu retorno, a dupla foi derrotada por Thiago e Harley, que triunfaram por 21/19 e 24/22, e acabou eliminada do country-cota.

"Não jogamos bem. Não estávamos no mesmo ritmo que as outras duplas, que vêm jogando o Circuito Mundial constantemente, e isso fez uma diferença enorme. Jogamos muito abaixo do que podemos. Treinei muito durante este mês, mas na maior parte do tempo sozinho, assim como o Roninho (Ferramenta). Agora teremos uma semana boa para treinar e chegaremos melhor no próximo torneio", disse Pedro.

Lili e Ângela Vieira são eliminadas
No torneio feminino, o Brasil terá apenas quatro parcerias da chave principal em Aland. Nesta quarta-feira, Lili e Ângela Vieira, tiveram a chance de se juntar a Juliana/Larissa, Talita/Maria Elisa, Maria Clara/Carolina e Taiana/Vivian, mas foram eliminadas no qualifying.

A parceria abriu o dia com uma boa vitória sobre as tchecas Bonnerova e Hermannova por 2 sets a 0, com duplo 21/16, mas na seqüência foi derrotada pela australiana campeã olímpica Natalie Cook e Tamsin Hinchley, que triunfaram com 21/17 e 20/22.

Leia tudo sobre: vôlei de praia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG