Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Bernardinho quer convencer diante da Venezuela: "Não podemos tropeçar"

Técnico da seleção brasileira de vôlei disse que o jogo fará parte da preparação para enfrentar a Argentina

Gazeta |

A seleção brasileira de vôlei traçou desde o início do Campeonato Sul-Americano que seu objetivo era, além do título da competição, superar a rival Argentina, semifinalista da Liga Mundial deste ano. O tão esperado jogo contra os argentinos será no domingo, mas, antes disso, o técnico Bernardinho que vencer e convencer diante da Venezuela, no sábado, às 21 horas (de Brasília).

"Não podemos tropeçar contra a Venezuela. Temos que jogar bem e fazer uma boa partida, porque isso significa uma preparação correta para o jogo contra a Argentina, que é nossa principal preocupação", frisou o comandante.

Sobre o dia de folga, esta sexta, o treinador lembrou que todos treinaram, mas o forte calor de Cuiabá (MT) jogou contra o time casa desta vez. "Fizemos um trabalho de saque e passe e alguns ajustes de ataque, mas não dá para fazer muita coisa a partir de agora. O calor é muito forte e os jogadores já estão cansados", acrescentou.

O central Lucão demonstrou mais preocupação com o time venezuelano. "A Venezuela tem um histórico bom, principalmente dentro do continente, e é uma equipe que sempre apresenta dificuldades ao Brasil. O campeonato está gradativo, com o nível melhorando a cada partida e acredito que continue assim, com a Venezuela o segundo time mais difícil que enfrentaremos na competição", ressaltou.

Já o levantador Bruninho não quer ser surpreendido. "A Venezuela tem um time novo, que não conhecemos muito. É uma equipe que não disputou as últimas competições internacionais. Hoje vamos estudar o time deles para acharmos a melhor forma de jogar. No entanto, o mais importante é continuar buscando a nossa evolução para a partida de domingo contra a Argentina".

O jogo de amanhã será o quinto da Seleção Brasileira no Sul-americano. Nos quatro primeiros embates do torneio, que vale vaga para a Copa do Mundo do Japão, o time do técnico Bernardinho superou Uruguai, Chile, Paraguai e Colômbia, respectivamente, todos por 3 sets a 0.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG