Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Bernardinho mira duas vitórias por vaga antecipada na Liga Mundial

Líder do Grupo A da competição seleção brasileira encara os Estados Unidos fora de casa na sexta-feira e no sábado

AE |

selo

A seleção brasileira masculina de vôlei desembarcou na última terça-feira, em Tulsa, nos Estados Unidos, onde irá enfrentar o time da casa nesta sexta e no sábado, em jogos válidos pela primeira fase da Liga Mundial. Diante dos rivais, o Brasil terá a chance de garantir vaga no próximo estágio da competição. Com duas vitórias sobre os adversários, o país irá assegurar classificação antes de encarar a Polônia, por duas vezes na próxima semana, em Katowice.

Com isso, o técnico Bernardinho mira a conquista de duas vitórias já nos Estados Unidos, mas admite que será complicado alcançar este objetivo diante dos atuais campeões olímpicos, que impuseram à seleção brasileira a única derrota até agora nesta Liga Mundial - a equipe nacional lidera o Grupo A, com sete vitórias em oito confrontos disputados, enquanto os norte-americanos acumulam cinco triunfos e foram superados em três oportunidades.

"Estes jogos fora do País serão decisivos e as viagens, desgastantes. Serão as quatro partidas mais difíceis da primeira fase. Com uma vitória nos Estados Unidos e outra na Polônia, acredito que ficaremos em uma boa situação para avançar à fase final. Mas é claro que, se pudermos, vamos tentar garantir a vaga antes. Seria importante até no sentido de poder dar ritmo a todos os jogadores", enfatizou Bernardinho.

Contra norte-americanos e poloneses, o treinador pretende promover a estreia do ponteiro Dante nesta Liga Mundial. O jogador ainda não atuou na competição por conta de uma inflamação no joelho direito. "A ideia é que o Dante já tenha algum espaço nestas partidas. Vamos ver como ele se comporta nos treinos. Dificilmente ele vai iniciar os jogos em quadra, pois vem há algum tempo sem jogar, mas quero aproveitá-lo, pois a primeira fase está acabando. Ele foi um jogador muito importante para a equipe nos últimos anos e precisamos dele bem", reforçou Bernardinho.

O Brasil chegou em Tulsa para o duelo contra os Estados Unidos com os levantadores Bruno e Marlon, os opostos Leandro Vissotto e Theo, os ponteiros Giba, Murilo, Dante, João Paulo Bravo e Thiago Alves, os centrais Lucas, Rodrigão e Sidão e os líberos Serginho e Mario Junior.

Leia tudo sobre: liga mundialbernardinho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG