Técnico confirma que a Unilever fez um convite para que sua esposa e ex-levantadora voltasse às quadras

Bernardinho já comanda a seleção brasileira masculina para a Liga Mundial, mas não deixa de lado as suas responsabilidades como técnico da Unilever. De olho no mercado, o técnico, que foi à a presentação da equipe da Cimed/Sky nesta semana em São Paulo, conversou com a imprensa e confirmou que Fernanda Venturini é uma das cotadas para assumir o posto de levantadora do time carioca na temporada 2011/2012.

Segundo ele, o convite a sua esposa foi feito, mas ela ainda não deu uma resposta definitiva. “Têm diversos fatores a serem pesados como família, filhas, o dia a dia no clube... Então a gente tem que tomar um certo cuidado para que a decisão não seja precipitada”, disse Bernardinho.

Venturini, mãe de Julia e Vitória, está afastada das quadras desde 2007 e assumiria a vaga deixada por Dani Lins, que está apalavrada com a nova equipe feminina do Sesi.

Entretanto, a ex-jogadora não é a única opção para o Unilever. “Estamos negociando com duas jogadoras estrangeiras também e vamos ver o que acontece, mas não tem nada definitivo ainda. Depende um pouco da pontuação, o que limita a nossa ação. Por isso estamos pensando ainda”, afirmou Bernardinho, referindo ao ranqueamento das atletas feito pela CBV (Confederação Brasileira de Vôlei). Cada time pode somar 32 pontos e a maioria das jogadoras de seleção, por exemplo, tem sete pontos, ranking máximo para uma atleta.

O Unilever tem contrato com suas jogadoras até o final do mês de maio. Enquanto isso, já tem reforços e renovações para a próxima temporada. Entre as titulares, já prolongaram o contrato a líbero Fabi, as centrais Valeskinha e Juciely, as ponteiras Mari e Regiane e a oposta Sheilla, destaque do título da Superliga 2010/2011 . A principal novidade até o momento é a contração de Natália , ex-Sollys/Osasco, que será mais uma atacante de ponta na equipe carioca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.