"Ao contrário do primeiro jogo, cometemos muitos erros nesta partida", reclamou após o segundo duelo contra Porto Rico

selo

Apesar da vitória sobre Porto Rico, o técnico Bernardinho saiu de quadra insatisfeito com os erros da seleção brasileira no segundo jogo da Liga Mundial de vôlei, na noite de sábado . "Ao contrário do primeiro jogo, cometemos muitos erros nesta partida", reclamou.

O treinador atribuiu as falhas às mudanças na equipe. Depois da vitória tranquila na estreia, Bernardinho resolveu fazer testes no elenco e deu chances à jogadores novatos e experientes, que voltarão recentemente ao grupo.

"Optamos por dar oportunidades a alguns atletas que não jogaram na primeira partida e com isso corremos alguns riscos. Mas é importante dar condição de jogo a todos para que tenhamos todas nossas peças à disposição para a sequência da Liga Mundial. Não somos a equipe mais forte no aspecto físico, então precisamos estar bem nas partes técnica e tática", justificou.

Uma das novidades no time foi o oposto Theo, responsável por 11 pontos na partida. "Fiquei muito feliz por ter tido a oportunidade de começar jogando. Desta vez consegui jogar melhor e ajudar a equipe. Infelizmente cometemos alguns erros, por desajustes e desatenção e complicamos a partida, mas o importante é que conseguimos o resultado que queríamos", comentou.

Entre os veteranos, o destaque foi o retorno do central Gustavo. "Foi uma emoção enorme. Estava muito nervoso no início, mas à medida que os pontos foram acontecendo consegui relaxar. É muito bom estar de volta", afirmou o atleta, que não ficou totalmente satisfeito com seu desempenho.

"Ainda estou bem abaixo do que eu gostaria. Senti bastante a falta de ritmo de jogo. O bloqueio ainda pode crescer bastante e o ataque vai melhorar à medida que eu estiver mais entrosado com os levantadores", avaliou.

Outro destaque foi Giba, que alcançou a marca de 150 vitórias em 176 partidas disputadas pela seleção brasileira. "Não sou muito ligado nesta coisa de números, mas estes mostram que o aproveitamento é bom isso me deixa feliz", comentou, que jogou pela primeira vez na equipe como líbero. "O mais importante é conseguir sair de San Juan com os seis pontos, que são fundamentais na classificação e que eram a nossa meta", comemorou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.