De acordo com o treinador, o atleta é o que mais se assemelha ao atual melhor jogador do mundo, liberado

Sem o ponteiro Murilo para a partida de estreia, o técnico da seleção brasileira de vôlei , Bernardinho, confirmou João Paulo Bravo no ataque. De acordo com o treinador, o atleta é o que mais se assemelha ao atual melhor jogador do mundo. Atual campeão, o Brasil inicia participação na Liga Mundial na sexta-feira, contra Porto Rico.

"A opção pelo João Paulo Bravo visa manter o equilíbrio da equipe, principalmente na recepção. Técnica e taticamente, é o ponteiro com estilo mais parecido com o Murilo que temos. Ele terá uma grande responsabilidade, mas, apesar de não jogado tantas vezes pela seleção, já faz parte do grupo há dois anos e tem a confiança de todos. Além disso, é um cara tranquilo e está preparado", enalteceu o comandante.

Murilo, campeão da última Superliga pelo Sesi-SP, foi liberado da estreia contra os porto-riquenhos para ficar com a esposa Jaqueline (do Sollys/Osasco), que perdeu o bebê. Jogador do Arkas Spor Kulubu, da Turquia, João Paulo afirma que não entrará em quadra pensando na comparação com Murilo.

"Vestir a camisa da seleção brasileira é uma grande responsabilidade, independente da situação. O Murilo é o melhor jogador do mundo e faz falta a qualquer equipe. Não vou jogar pensando em substituí-lo, mas sim em fazer o meu melhor e ajudar o Brasil da melhor maneira possível", esclareceu.

Aos 32 anos, o atacante fará sua estreia na Liga Mundial, porém o local da primeira partida não lhe é estranho. O verde-amarelo defendeu o Gigante de Adjuntas nas temporadas 2004/2005 e 2005/2006.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.